230133

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. Receita Estadual afasta 42 auditores fiscais investigados na Operação Publicano

operação publicano

Receita Estadual afasta 42 auditores fiscais investigados na Operação Publicano

  • Fábio Silveira, do Jornal de Londrina
Os afastamentos correspondem a investigados nas duas fases da Operação | Roberto Custódio/Jornal de Londrina
Os afastamentos correspondem a investigados nas duas fases da Operação Roberto Custódio/Jornal de Londrina
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Duas portarias publicadas na edição de hoje no Diário Oficial afastaram 42 auditores fiscais das suas funções por causa da Operação Publicano, do Gaeco de Londrina. Os afastamentos correspondem a investigados nas duas fases da Operação. A primeira foi deflagrada em março e já é objeto de uma ação penal protocolada em abril – nesse caso os auditores já são considerados réus. A segunda fase foi deflagrada no dia 10 de junho e o inquérito policial foi concluído na sexta-feira. Nesse caso os auditores são considerados indiciados.

A portaria conjunta da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefa) e da Coordenação da Receita do Estado (CRE) com o número 01/2015 afasta 11 auditores fiscais que estão respondendo a ação na 3ª Vara Criminal de Londrina. A portaria é datada de 17 de junho, mas os afastamentos são de datas de maio: dias 13, 14 e até 19. Nessa lista aparecem nomes como o ex-inspetor geral de fiscalização, Márcio de Albuquerque Lima, Orlando Aranda e Rosângela Semprebom.

Na segunda portaria, a 158/2015, também datada do dia 17 de junho, são afastados outros 31 auditores fiscais. O texto dessa portaria, que é exclusiva da CRE, diz que os afastamentos foram feitos “considerando as notícias veiculadas nos meios de comunicação”. O afastamento é a partir de 10 de junho. Essa portaria afasta auditores fiscais que tiveram a prisão preventiva decretada na segunda fase da Operação Publicano – nesse caso ainda não foi apresentada denúncia.

Saída os nomes dos afastados (Portaria Sefa/CRE 01/2015):

Amadeu Serapião, a partir de 10/06/2015;

Claudio Tosatto, a partir de 15/05/2015;

Dalton Lázaro Soares, a partir de 14/05/2015;

Iris Mendes da Silva, a partir de 15/05/2015;

Marcio de Albuquerque Lima, a partir de 14/05/2015;

Marco Antonio Bueno, a partir de 14/05/2015;

Miguel Arcanjo Dias, a partir de 15/05/2015;

Orlando Coelho Aranda, a partir de 13/05/2015;

Ranulfo Dagmar Mendes, a partir de 15/05/2015;

Ricardo de Freitas, a partir de 19/05/2015

Rosângela de Souza Semprebom, a partir de 13/05/2015

Portaria 185/2015

Amado Batista Luiz

Antônio Carlos Lovato

Benedito Maciel Goes

Carlos Eduardo Reginato

Clovis Agenor Rogge

Divaldo de Andrade

Douglas Vitorio da Silva

Ederson Luiz Bonatto

Eurico Rosa de Almeida

Gilberto Favato

Jaime Kiochi Nakano

Jane Elen Reis Cotta

João Marcos de Souza

José Aparecido Valencio da Silva

José Henrique Hoffmann

Laércio Rossi

Lídio Franco Samways Junior

Lindolfo Traldi

Luis Claudio Depes Eiras

Luiz Antonio Belarmino

Marcos Colombo

Marcos Luis Ferreira Arrabaça

Mario Aparecido Sanzovo

Maurilio Nicolau

Milton Antonio Oliveira Digiacomo

Nelson Mandelli Junior

Roberto Carlos Ricardo

Ronivaldo Costa Zani

Samir Malouf Ibrahim

Sergio Paulo de Souza Quaresma

Wilson Sergio Boni

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>