O governador do Paraná, Roberto Requião, disse nesta quarta-feira (4), na Câmara dos Deputados, após reunir-se com o presidente da Casa, deputado Michel Temer (PMDB-SP), que as medidas anticrise adotadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva estão corretas, mas em doses pequenas. "O presidente Lula está tomando medidas corretas, mas usa doses homeopáticas e deveria usar doses alopáticas".

O governador defendeu um maior controle do câmbio, a estatização do crédito para irrigar a economia e a redução dos juros, como formas de enfrentar a crise econômico-financeira internacional.

Em relação às criticas que o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) vem fazendo, o governador paranaense, que também é do PMDB, disse que, se a iniciativa de seu companheiro de partido for focada na política brasileira, "ela está correta, mas se ela for focada só no PMDB, está errada".

Segundo ele, está havendo um esvaziamento do processo político brasileiro no país. "A política foi reduzida. Foi esvaziando. Está havendo a desideologização de tudo, a ausência de grandes temas em debates", disse. Requião informou que a visita a Michel Temer foi de cortesia e que eles conversaram sobre vários assuntos de interesse nacional.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]