Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. Temer, o iminente presidente mais velho da história do Brasil
impeachment-da-presidente-dilma

Temer, o iminente presidente mais velho da história do Brasil

Idade do vice, aos 75 anos, não cria obstáculos para um eventual governo, mas quebra um tabu não só do Brasil como de outros países democráticos

  • Rosana Felix
Idade não transparece a Michel Temer. | Henry Milleo/Gazeta do Povo
Idade não transparece a Michel Temer. Henry Milleo/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O porte elegante, a gravata impecável, o terno bem cortado e algumas plásticas não deixam transparecer, mas se Michel Temer assumir o posto de Dilma Rousseff, ele será o presidente mais velho que o Brasil teve em toda sua história.

O peemedebista tem 75 anos, mesma idade que tinha Tancredo Neves, o qual não tomou posse, porém. Até agora, o mais velho a assumir a Presidência da República foi Getúlio Vargas, com 68 anos, em 1951.

LISTA: A idade com que cada presidente brasileiro tinha quando assumiu o cargo

A idade de Temer não cria obstáculos para um eventual governo, mas quebra um tabu não só do Brasil como de outros países democráticos. Nos Estados Unidos, o mais velho a assumir foi Ronald Reagan (1981-1989), com 69 anos; na França, o mais velho foi Adolphe Thiers (1871-1873), com 74 anos; no Reino Unido, o primeiro-ministro de maior idade foi Viscount Palmerston (1855-1865), com 70 anos.

Nas disputas pela Presidência do Brasil, a idade virou tema de jingles bem-humorados em pelo menos duas ocasiões. A campanha de Getúlio Vargas se valeu dessa estratégia em 1950. A marchinha “Retrato do velho”, composição de Haroldo Lobo e Marino Pinto gravada por Francisco Alves, caiu na boca do povo.

O verso “Bota o retrato do velho outra vez/Bota no mesmo lugar” relembrava o período anterior do gaúcho como presidente (1930-1945) e a deposição forçada. O ditador voltou ao Palácio do Catete, desta vez nos braços do povo, que entoaram a música até o Carnaval de 1951. Há indicações de que ele não gostava da música.

João Duarte Filho, redator-chefe do jornal Tribuna da Imprensa, era crítico de Getúlio, e em uma de suas colunas de junho de 1952, falou que o presidente estava lento “como sempre foi, mais lento ainda pela evidente influência da idade”. Para a época, Getúlio realmente era idoso: em 1950, a expectativa de vida do brasileiro ao nascer era de 43,3 anos. Em 2000, passou para 70,4, segundo os dados do IBGE.

O deputado federal Ulysses Guimarães, que tinha 73 anos na campanha presidencial de 1989, também recorreu a um jingle bem-humorado. “Bote fé no velhinho/Que o velhinho é demais/Bote fé no velhinho/Que ele sabe o que faz”.

Mas os muitos anos eram vistos como uma desvantagem. A coluna assinada por Carlos Castello Branco, no Jornal do Brasil, de 23 de maio de 1989, resumia: “Votar em Fernando Collor é uma ideia que está ocorrendo a um número cada vez maior de pessoas (...) Há quem tema o caudilhismo de Brizola, a instabilidade de Jânio, a idade de Ulysses...”.

A imagem de Ulysses denotava até mais idade do que ele tinha. O jornalista Paulo Branco, em fevereiro de 1988, na Tribuna da Imprensa, sugeriu que o peemedebista mudasse de postura caso decidisse concorrer à Presidência.

“O presidente do PMDB que tem pela televisão e por fotografias uma aparência quebrada e cansada, é um homem lépido e fagueiro [jovial e alegre]”, disse.

O humorista Millôr, por sua vez, dizia durante a campanha que o povo não queria votar em Ulysses naquele momento, mas não era por causa da idade.

Tempos atuais

Michel Temer nasceu em 23 de setembro de 1940, em Tietê, interior de São Paulo. Tem três filhas do primeiro casamento: Maristela, Luciana e Clarissa, com idades entre 40 e 46; um menino adolescente, filho de outro relacionamento, e Michel, de 7 anos, fruto do casamento com a ex-modelo Marcela (42 anos mais nova), com quem é casado desde 2003.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE