i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
rádio e TV

Temer planeja 1º pronunciamento como presidente no dia 7 de setembro

Em cadeia de rádio e TV, o peemedebista pretende pedir confiança e crença no futuro

    • Brasília
    • Agência O Globo
    • 18/08/2016 17:46
     | Beto Barata/PR
    | Foto: Beto Barata/PR

    O primeiro pronunciamento de Michel Temer como presidente efetivo, se Dilma Rousseff for afastada definitivamente do cargo, ocorrerá no dia 7 de setembro, em cadeia de rádio e TV. O conteúdo ainda está sendo elaborado pelo presidente interino e sua equipe, mas ele pedirá confiança e crença no futuro. O tom do discurso será o de se apresentar como presidente, após o impeachment.

    Inicialmente, o Palácio do Planalto pretendia gravar o pronunciamento de Temer no dia seguinte ao julgamento final da presidente afastada, Dilma Rousseff, no Senado. No entanto, com o transcorrer do calendário incerto e a necessidade de viajar para a China, para encontro do G20, fez com que o governo repensasse a data. Não seria adequado o pronunciamento ir ao ar com o presidente em viagem, avaliaram seus auxiliares.

    Em sua declaração, Temer pedirá confiança e falará sobre os sinais de recuperação da economia. Dirá que seu governo tem como prioridade recuperar empregos. Ele também falará nas reformas da Previdência, que será enviada ao Congresso em setembro; na limitação dos gastos públicos e nas mudanças das leis trabalhista e política.

    No encontro com tucanos na noite de quarta-feira (17), Temer disse que o pronunciamento terá três eixos: a situação que encontrou o país, o que conseguiu fazer nesse período de interinidade pré-impeachment, e o que pretende fazer nos dois anos e quatro meses de governo efetivo. Ele fará um apelo ao apoio da sociedade para as medidas “amargas” que terá que fazer. O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), argumentou, na conversa, que a população terá que entender que “amargo mesmo é o desemprego”.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

      Receba Nossas Notícias

      Receba nossas newsletters

      Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

      Receba nossas notícias no celular

      WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

      Comentários [ 0 ]

      O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.