i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
“Megadelação” da Odebrecht

Vejas os nomes confirmados da “segunda lista de Janot”

Nomes constam nos 320 pedidos de providência enviados pela Procuradoria-Geral da República ao STF a partir da “megadelação” premiada da Odebrecht e da Braskem

  • PorDa redação
  • 16/03/2017 18:42
 | Montagem
| Foto: Montagem

Ministros, deputados federais, senadores, governadores... A “segunda lista de Janot”, elaborada a partir de 77 colaborações premiadas de executivos e ex-executivos de Odebrecht e Braskem, foi enviada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 14 de março. No pacote, foram mandados 83 pedidos de inquérito para autoridades com foro privilegiado na Suprema Corte, 220 declínios de competência (encaminhamento do pedido de investigação para outras instâncias judiciais), além de sete arquivamentos e 19 solicitações descritas como “outras providências”. Confira abaixo os nomes que foram confirmados como constantes na “delação do fim do mundo”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.