Por unanimidade, os nove vereadores de Piraí do Sul, na região dos Campos Gerais, rejeitaram a proposta da Mesa Diretora da Câmara Municipal de aumentar os próprios salários. A votação ocorreu no final da tarde desta quinta-feira (30), numa sessão extraordinária convocada apenas para esta questão. Porém, um novo projeto deve ser apresentado já na próxima segunda-feira (03), mas os valores e o novo índice de reajuste não estão definidos.

Na última terça-feira (28), a maioria dos vereadores aprovou a proposta, em primeira discussão, que acabou sendo arquivada nesta quinta. Se eles mantivessem a decisão anterior, os salários passariam dos atuais R$ 4,3 mil para R$ 5,8 mil, um aumento superior a 30%. O Ministério Público do Paraná (MP-PR)chegou abrir um inquérito civil para investigar o aumento, considerado abusivo.

A lei orçamentária do município pode receber novas propostas até o dia 30 de setembro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]