Azul dá ração para cães e gatos que viajam com os donos pelo Brasil

A partir desta quinta-feira (15), a companhia aérea distribuirá sachês das marcas Whiskas e Pedigree para gatos e cães que voarem com seus donos

(Foto: Bigstock)

A partir desta quinta-feira (15), e sem data para acabar, a companhia área Azul distribuirá sachês de rações das marcas Whiskas e Pedigree para gatos e cães que viajarem com seus donos pelo Brasil. O brinde será dado em 14 aeroportos, nos terminais de São Paulo (Viracopos e Guarulhos), Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Curitiba, Manaus, Cuiabá, Goiânia, Salvador, Recife, Vitória, Belém e Porto Velho.

Para ganhar, basta chegar ao check-in com seu gato ou cachorro. Os sachês, porém, não podem ser consumidos durante o voo. Este é só um brinde, de acordo com informações da assessoria de imprensa da companhia, a ser dado antes do embarque.

A lista de aeroportos foi decidida com base no histórico de transporte de animais domésticos nos últimos seis meses – mais de 5,5 mil cães ou gatos estiveram a bordo da companhia em voos que decolaram das 14 bases.

Leia mais

Gatos precisam de comedouro especial para os bigodes

Projeto de lei prevê prisão perpétua para quem for sarcástico com animais

Dicas para deixar o pet seguro enquanto viaja

Regras

Antes de sair viajar com o seu animal de estimação, lembre-se de algumas regras importantes:

– o peso do animal e do contêiner onde ele será deslocado não podem exceder 5 kg;

– o pet precisa ter mais de 4 meses de idade para viajar;

– o peto deve ficar acomodado entre os pés do dono, dentro do contêiner;

– são permitidos no máximo três pets a bordo, sendo que o cliente pode levar apenas um por voo;

– leve sempre o comprovante de vacinação antirrábica e o atestado de saúde do animal, emitido por um médico veterinário, com validade de até 10 dias da data de emissão;

– no comprovante de vacinação, não se esqueça que deve conter o nome do laboratório produtor, o tipo da vacina e o número da partida/ampola usada. Ela precisa ter sido aplicada há mais e 30 dias e há menos de um ano do embarque.

– a caixa para o transporte do pet deve ser um contêiner rígido, de fibra ou plástico, ou uma mala flexível, com hastes internas de metal para reforçar a estrutura – com piso absorvente para fezes e urina. Dimensões máximas: 43 cm de comprimento, 31,5 cm de largura e 20 cm de altura;

– a taxa de serviço cobrada é de R$ 200.

– lembre-se: se a viagem for a Fernando de Noronha, deve levar uma autorização de entrada de animais na ilha, expedida pela Secretária de Meio Ambiente e Turismo de Fernando de Noronha.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário