A história de Laila, uma vira-latas de Carambeí que adotou seus tutores

A segunda colocada no concurso foi resgatada no norte do Paraná e veio morar na capital com os tutores André e Aline

Laila Cachorro do AnoA vice-campeã "adotou" seus donos e veio de Carambeí para Curitiba. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

A história de adoção da vira-latas Laila são aquelas típicas dos animais que “encontram” os seus tutores, e não ao contrário: tanto que o empresário André de Menezes e a esposa Aline, professora de enfermagem, definiram o dia 10 de novembro de 2014 como a data de “nascimento” para a cachorrinha: ela foi abandonada em frente da casa da irmã de André, em Carambeí, no norte do Paraná. Justamente no dia que o casal visitava a cidade.

A irmã acordou com um barulho de madrugada e se deparou com Laila. Abrigou ela na parte de fora da casa, em uma caixa. “De manhã, ouvimos a história da minha irmã e fomos lá fora ver. Laila olhou pra todos e saiu correndo brincar com a minha esposa e comigo, como se já conhecesse a gente”, conta André.

>> Cachorro do Ano 2018: veja quem são os 20 finalistas classificados

Laila, a segunda colocada no concurso Cachorro do Ano 2018, com 114.988 votos na segunda fase, também tem um nome repleto de simbologias: é de origem árabe e persa, segundo André. Em ambas as línguas, o significado é “escura como a noite”, remetendo ao dia que ela encontrou seus tutores.

Convivência harmoniosa 

Com toda essa demonstração de amor à primeira vista, o casal não hesitou: trouxeram Laila para Curitiba junto com eles. “Moramos em um apartamento e queríamos um cachorro, mas antes, também queríamos mudar para uma casa. Contudo, não foi o que aconteceu. Não podia deixar ela lá. Não era certo”, fala André.

Cachorro do Ano Laila

Laila com os seus tutores na premiação do Cachorro do Ano 2018. Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo.

A pet se adaptou muito bem ao apartamento, e faz sucesso no prédio: todos do condomínio onde mora o casal conhecem Laila. “Moramos no térreo, o que dá acesso a Laila conhecer pessoas que, às vezes, nem nós conhecemos”, comenta Aline.

Tanto que o casal é conhecido no condomínio por causa dela.“Já nos cumprimentam falando: ‘Ah, vocês que moram com a Laila! Ela é minha amiga há um tempão já! Todo dia passo lá para cumprimentar ela’ E nunca vimos tal pessoa antes”, conta André aos risos.

Além da simpatia, outro fato inusitado sobre a vira-latas: Laila convive com mais um bichinho, a Chinchila Guria.  “Quando vamos limpar o viveiro de Guria, Laila fica agitada porque sabe que vai brincar de pega-pega com sua melhor amiga”, fala o tutor.

“Laila tem uma energia fenomenal, corre muito, além de ser muito amorosa. Hoje não conseguimos ver nossas vidas sem ela”, finaliza o casal.

Laila ficou em 8º lugar na primeira fase de votação, com 17.412 votos.

Prêmios

Laila foi premiada com kit especial Special Dog, tratamento Nexgard por 6 meses, Voucher Hills de R$ 200 no Rei dos Animais, pacote de 10 quilos de ração Hills Pet Science,  1 vectra antipulgas e antivermes Canex Plus 3, brinde especial Rei dos Animais, kit especial primus e quadro com a foto inscrita no Cachorro do Ano.

Agradecemos a todos que cadastraram seus cachorros, votaram, ajudaram e apoiaram essa causa!

LEIA TAMBÉM 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário