i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Animal

Cartórios do Paraná vão emitir registro de nascimento a animais de estimação

O documento poderá conter o sobrenome da família e até foto do pet; a medida tem o objetivo de facilitar o processo em casos de perda, roubo ou disputas pela guarda do animal

  • PorTalita Boros Voitch, colaborou Marina Mori
  • 27/07/2017 08:00
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock| Foto:

A partir do dia 7 de agosto de 2017, tutores de animais de estimação no Paraná poderão solicitar uma certidão de nascimento para seus pets com nome, sobrenome da família e até foto. O registro valerá para todos os tipos de animal, incluindo os exóticos.

“O documento vai detalhar a raça, a cor e o porte do animal, assim como algumas características específicas, como marcas que facilitem a sua identificação”, afirma Arion Cavalheiro Jr., diretor de Registros de Títulos e Documentos da Associação dos Notários e Registradores do Paraná (Anoreg-PR).

A certidão de nascimento também terá uma foto do pet, que pode ser tirada no cartório ou entregue pelos tutores. O objetivo do registro é compilar o máximo possível de informações para facilitar em casos de perda ou roubo do animal e também em disputas de guarda.

Batizado de PetLegal, o serviço estará disponível, a princípio, nas cidades de Curitiba, Campo Largo, Francisco Beltrão, Paranavaí, Fazenda Rio Grande, Colombo e Maringá. Apenas os cartórios de Registro de Títulos e Documentos emitirão a certidão para pets.

“Este é um projeto piloto e gradativamente cada cartório do estado passará a oferecer o serviço”, informa Arion Cavalheiro Jr., diretor de Registros de Títulos e Documentos da Associação dos Notários e Registradores do Paraná (Anoreg-PR). Segundo ele, em uma segunda fase do projeto,  todos os registros serão cadastrados em uma central nacional.

Processo rápido

A certidão de nascimento do pet ficará pronta em menos de 15 minutos e custará R$ 71, segundo Cavalheiro. Os tutores devem comparecer ao cartório com RG, CPF e comprovante de residência – caso o animal tenha certificado de pedigree ou outro documento, é indicado levar.

O animal de estimação pode estar presente durante o processo.

LEIA TAMBÉM

>>> O cachorro que atravessou o Atlântico; saiba como levar seu pet para o exterior

>>> Pitbull está em listas de raças proibidas em várias cidades do exterior

>>> Vodca salva vida de gato que havia ingerido produto tóxico

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.