Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Conheça 13 hotéis e creches para cachorro em Curitiba e Região

Curitiba tem diversas opções, com lugares que têm atividades na piscina (quando está quente), brinquedos que atiçam a curiosidade e playgrounds completos

Foto: André Rodrigues/Gazeta do PovoFoto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Creches e hotéis são boas opções tanto para quem vai fazer longas viagens nas férias quanto para quem trabalha o dia todo e não quer deixar seu cão ou gato sozinho. Curitiba tem diversas opções, com lugares que têm atividades na piscina (quando está quente), brinquedos que atiçam a curiosidade, playgrounds completos e câmeras, cujas imagens podem ser vistas no smartphone do dono.

Enquanto o serviço de creche é destinado apenas aos cachorros, que amam brincar, – e não aos gatos, que não se socializam facilmente com outros de sua espécie – quando o assunto são os hotéis eles atendem a ambos. Há opções mais urbanas e até mesmo chácaras, onde os cães podem ter contato com a natureza e brincam juntos. Na hospedagem de gatinhos, normalmente eles ficam separados e são soltos alternadamente para que não se estranhem e acabem se machucando.

Os estabelecimentos que oferecem serviços de hotéis e creche precisam estar registrados no Conselho Federal de Medicina Veterinária e devem ter um médico veterinário responsável técnico, de acordo com a Lei Federal n° 5517/68. É possível verificar se o estabelecimento está de acordo com as normas no site www.portal.cfmv.gov.br.

Veja alguns dos hotéis e creches disponíveis (e que atendem às normas) em Curitiba:

Diversão – Centro de Bem-Estar para Cães

Creche. O intuito do espaço é integrar todos os cães. Desse modo, o espaço da creche é aberto e conta com parquinho, teto retrátil para dias de chuva e pisos de fácil higienização. Os pets só são separados caso haja risco de briga.

Os monitores estão sempre presentes e, caso o dono queira, podem adestrar os bichos com um valor a mais. A creche funciona de segunda a sexta, das 9 às 18 horas. Sábado, das 9 às 16 horas. O preço independe do tamanho. A diária é de R$ 30, o meio período fica por R$ 22,50. Existem pacotes semanais que cobrem de duas a cinco vezes por semana, custando de R$ 55 a R$ 100 no período integral e de R$ 40 a R$ 62 se for meia-diária.

Hotel. Os animais que utilizam o serviço de hotel ficam, durante o dia, no mesmo espaço da creche. De noite, dormem em quartos com portas de vidro. Se forem amigos ou da mesma família podem ficar no mesmo cômodo. Os funcionários orientam para que o dono leve ração, manta e brinquedos. O preço da diária de segunda a quinta é de R$ 45. Sexta a domingo fica R$ 55. Nos feriados, o valor sobe para R$ 65, exceto Ano Novo, Carnaval e Natal, quando aumenta para R$ 85.

Raças como chow-chow, shar-pei, rottweiller, pitbull e pastor alemão não são aceitas nem na creche nem no hotel.  Para ficar em ambos o cão precisa estar vacinado com V8 ou V10, anti-rábica, gripe e giárdia, além de vermifugado e com antipulgas.

Um diferencial do local é que os donos podem ver os cães brincando por meio de um aplicativo no smartphone. Existem câmeras os vigiando. Também oferecem serviços de leva-e-traz e consultório veterinário.

Endereço: Rua José Naves da Cunha, 21 – Seminário. Telefone: (41) 3011-8919.

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Cia Quatro Patas

Creche.  A creche funciona de segunda a sábado e conta com espaço amplo, dividido de acordo com o porte dos cães. O espaço maior é aberto, porém também há ambiente coberto para dias de chuva. Câmeras monitoram os cães, que também são vigiados por funcionários.

A diária para cães pequenos é de R$ 35 (R$ 23 a meia). Para os grandes sai por R$ 38 (R$ 25 a meia). Esse serviço é feito das 8 às 19 horas durante a semana e das 9 às 17 horas aos sábados. Pacotes mensais englobam a partir de cinco diárias por mês e custam de R$ 125 a R$ 400, dependendo do porte do cão e da quantidade de vezes que é deixado no local.

Não aceitam raças consideradas mais violentas como bull terrier e rottweiller para a creche. Já no hotel, esses cães passam por avaliação comportamental para checar se estão aptos a ficarem no local.

Hotel. Os cachorros são separados por porte e deixados em baias quando vão se alimentar ou dormir. Para hospedar o cão, o dono precisa apresentar a carteira de vacinação em dia e deixar a ração do animal.

Endereço: Rua Julia Vanderlei, 940 – Mercês. Telefone: (41) 3324-4282.

Pet Spa

Creche. O pet shop oferece banho e tosa em cães e gatos. Já os serviços de daycare e ofurô são apenas para os cachorros. A diária na creche sai por R$ 35 no período integral e R$ 25 se for meio-período. O local não aceita raças maiores conhecidas como mais agressivas, entre elas rottweiller, pitbull, bull terrier e pastor alemão, pois os cães ficam todos soltos no mesmo espaço.

Os animais precisam estar com as vacinas octupla, anti-rábica, de gripe e giárdia em dia, além do vermífugo e antipulgas atualizado. De preferência, o pet deve ser castrado, para evitar brigas por território.

Os cães são monitorados por câmeras e cuidadores que checam a segurança e promovem atividades para que os cachorros não se entediem. Nos dias mais quentes, os bichos podem nadar na piscina. Esse serviço é oferecido de segunda a sexta, das 8 às 18 horas. Os preços de pacotes mensais variam de acordo com a necessidade do dono de deixar o pet fora de casa, de R$ 148 a R$ 380, podendo ser de duas a cinco vezes na semana.

Endereço: Rua Silveira Peixoto, 357 – Água Verde. Telefone: (41) 3343-0009.

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Casa do Pluto

Creche. Os animais ficam em ambiente comum dividido de acordo com o porte dos cães ou afinidade entre eles. Existe uma parte coberta com piso e outra aberta com grama sintética. É feita uma análise comportamental do pet gratuitamente para considerar se ele está apto a convivência com outros animais na creche.

Durante o dia os funcionários se revezam para monitorar os cachorros, que precisam estar com vacinas e vermífugos em dia. A diária para cães pequenos (de até 15 kg) sai por R$ 22, enquanto a meia é R$ 16. Já para cães de porte maior o preço por dia é de R$ 24 e a meia-diária fica R$ 18. Os pacotes mensais custam de R$ 167 a R$ 374 para os animais menores, dependendo da quantidade de dias que são deixados no local. Para quem tiver mais de um pet existe possibilidade de desconto.

A creche funciona de segunda a sábado. Durante os dias de semana o horário é das 8 às 19 horas. No sábado fica aberta das 9 às 16 horas. O pet shop também tem serviços de leva e traz, consultório veterinário – caso o animal se machuque durante a brincadeira, a médica veterinária está presente –, além do banho e tosa. Ao optar pelo banho o cliente ganha desconto na diária, que passa a ser cobrada como meia-diária. Os donos possuem agendas para escreverem horários de alimentação e outras especificidades sobre o pet. ­

Endereço: Rua Francisco Rocha, 1.896 – Bigorrilho. Telefone: (41) 3362-7426.

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Maison Chien

Hotel. O espaço aceita cães e gatos, sem restrição de raça. O animal só é impedido de se instalar no hotel caso apresente comportamento agressivo. O dono de cachorro pode escolher se quer deixar o animal em gaiola na clínica ou na chácara da proprietária Karla Boos, no Capão Raso.

Já os gatos só têm a opção da clínica. É necessário que o animal esteja com as vacinas em dia, assim como o vermífugo, antipulgas e apresente boa saúde.

A estadia para gatos é R$ 43, assim como para cachorros que pesam de 10 a 20 kg. A diária para cães menores fica R$ 35. Donos de raças maiores, de 20 a 44 kg pagam R$ 50, e os de cães acima de 45 kg, R$ 65. Para os maiores existem poucas vagas. Estadias que duram mais de dez dias ganham desconto.

Orienta-se ao dono que leve ração e cama do animal. Outros serviços oferecidos pelo pet shop são: leva e traz, consultório veterinário e banho e tosa.

Endereço: Rua Itupava, 1.736 – Alto da XV. Telefone: (41) 3046-0808.

Doctorvet

Hotel. Cães pequenos que usam o serviço de hotel do local possuem canil próprio de 2m X 1m aproximadamente. Se os animais forem provenientes da mesma casa podem ficar juntos em canis maiores. Cachorros maiores ficam em espaços de até 10 m². Existem, ainda, canis abertos com amplo espaço.

Os pets são soltos de duas a três vezes ao dia, no mínimo, em área comum onde ficam junto com outros de mesmo temperamento e porte. Funcionários sempre estão presentes cuidando dos animais.

Os gatos ficam em gatil e aqueles que têm bom comportamento são soltos de duas a três vezes ao dia. São gaiolas de 1,2 m x 60 cm onde ficam água, ração, cama e caixa de areia. Os donos precisam levar apenas a ração e a carteirinha de vacinação para comprovar que as vacinas estão em dia, assim como o vermífugo e antipulgas.

No serviço de hotel há desconto para animais que ficam mais de dez dias, assim como para quem deixa mais de um pet. São aceitas todas as raças, e também outros bichos, como roedores e pássaros. O pet shop não funciona aos domingos e feriados, portanto o dono deve buscar o animal um dia antes ou depois, já que não há entrega nesses dias, apenas manutenção dos bichos já hospedados.

Durante a hospedagem é possível optar pelo serviço de Dog Walker, cobrado à parte (R$ 15 a R$ 20 por passeio de uma hora). A diária para gatos e cães pequenos é de R$ 35, enquanto para cães maiores o valor fica até por R$ 50, dependendo do porte. Animais que precisem de cuidados especiais e medicação é combinada uma taxa com o estabelecimento.

Creche. O espaço da creche é de 50 m² e os cães ficam soltos. Existe solário, chão com piso e pedrinhas, além de área coberta. A diária da creche vai de R$ 20 a R$ 35 e funciona das 8h às 18h30 de segunda a sábado. O pet shop também oferece serviço de veterinário 24 horas, clínica médica e cirúrgica, banho e tosa e leva e traz.

Endereço: Rua Matheus Leme, 3.312 – São Lourenço. Telefone: (41) 3253-6008.

Bia e Nina

Hotel. Cães e gatos ficam em baias individuais. Durante o dia os cachorros são soltos para brincar no espaço compartilhado com a creche. O preço da diária de hospedagem para cães pequenos e gatos é de R$ 35. Cachorros maiores pagam até R$ 45.

Creche. Os cães ficam separados de acordo com porte e temperamento. A maior parte do piso é de cimento e grama. Esse serviço funciona de segunda a sexta, das 8 às 18 horas. Os pacotes mensais vão de R$ 160 (duas vezes por semana) a R$ 250 (cinco dias). Além disso, oferecem banho e tosa e leva e traz.

Endereço: Rua México, 437 – Bacacheri. Telefone: (41) 3015-9868.

Bem Cuidado

Creche. Para ingressar na creche o cão precisa passar por uma avaliação de comportamento que dura um dia, gratuito, de observação com os outros cães. Não são aceitos cães de grande porte na creche, assim como cães de guarda. Existe área coberta calçada com tinta emborrachada, limpa todos os dias. Outra possui grama natural. Os pets são separados de acordo com o comportamento e porte.

O espaço é monitorado por câmeras e os donos podem acessar as imagens por meio de aplicativo instalado no smartphone. Existem também recreadores no local. Aos animais estão disponíveis brinquedos com petiscos dentro para que eles se distraiam. A diária custa de R$ 35 a R$ 40, dependendo do porte. Os pacotes mensais vão de R$ 150 a R$ 490.

Hotel. Cães grandes podem se hospedar no hotel do Bem Cuidado. Os donos podem optar entre encaminhá-los para chácara de parceiros do estabelecimento em Colombo ou deixá-los no local. Na chácara eles ficam soltos durante o dia e, pela noite, em canis. Já no pet shop dividem o espaço com a creche de dia e de noite ficam em estações separadas com comida e cama individuais. A diária no hotel custa de R$ 50 a R$ 65, também dependendo do porte. O local ainda oferece banho e tosa, e consultório veterinário e pet shop.

Endereço: Rua Lúcio Rasera, 211 – Bigorrilho. Telefone: (41) 3077-0720

Clínica Veterinária São Chico

Creche. A creche aceita qualquer raça e tem área aberta com gramado e outra coberta. Os animais ficam juntos, porém não há monitores cuidando nem parquinho. A diária é R$ 15, custando R$ 10 a meia. A clínica também oferece centro cirúrgico, clínica veterinária e banho e tosa.

Endereço: Rua Prof. Arthur Loyola, 215 – Cabral. Telefone: (41) 3253-4959/ (41) 9891-1615.

Aconchego dos Bichos

Hotel. O hotel fica em um condomínio no Santa Cândida e recebe qualquer raça de cão pequeno, que pese até 10 kg. O cachorro precisa estar com a vacinação completa e ter tomado a vacina de gripe com 15 dias antes de ingressar na hospedagem. Eles ficam soltos até as 20 horas em amplo espaço com gramado. Os cães também têm acesso à casa principal.

Pela noite ficam em canis separados por afinidade. A diária custa R$ 40, sujeita à negociação se a estadia for longa. O pet shop também oferece leva e traz, banho e tosa, e consultório veterinário.

Endereço: Rua Nilo Peçanha, 3.751, São Lourenço, (41) 3026-7872.

Pets Veterinária

Creche. São aproximadamente 1.000 m² com gramas sintética e natural, área coberta e dois quartos de descanso para quando o animal quiser tirar uma soneca. Os monitores incentivam os cães a desenvolver o corpo e a mente com atividades diárias. Existe horário para o almoço, descanso e lanche da tarde.

A diária na creche custa R$ 30. Pacotes mensais saem de R$ 184 a R$ 500, com frequência de duas a cinco vezes por semana. O local não aceita cães agressivos, fêmeas no cio ou prenhas. Os cães passam por avaliação comportamental. Outros serviços incluem banho e tosa, leva e traz, pet shop e clínica veterinária.

Endereço: Rua Carlos Augusto Cornelsen, 84 – Bom Retiro. Telefone: (41) 3254-5844.

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Cantinho do Gato

Hotel. O espaço atende apenas a gatos, com consulta, vacinação, banho, tosa, venda de produtos e hospedagem. Gatos filhotes e adultos ficam em gaiolas separadas. Cada qual com cama, caixa de areia e pote de comida e água. Os bichos são soltos um de cada vez para brincar no espaço amplo com arranhador e brinquedos. Gatos de casas diferentes não ficam juntos para evitar brigas e lesões.

A diária integral é R$ 40. A partir do dia 20 de dezembro até 5 de janeiro, devido às comemorações de fim de ano, o preço ficará um pouco mais alto: R$ 45. Caso haja a necessidade de deixar o bichinho por apenas um período por causa de reformas na casa ou dedetização é cobrado meia diária. Fica aberto de segunda a sexta das 8h30 às 18. Sábado das 8h30 às 16h.

Endereço: Rua Recife, 100 – Cabral. Telefone: (41) 3077-4133.

 

Pet Hotel Canela Gorda
Hotel. Os cachorros ficam separados em canis individuais. Canis grandes possuem área de solário aberta e área para dormir coberta. Os pequenos são completamente cobertos. Cada grupo de dez canis possui um pátio onde os animais são soltos alternadamente por duas horas durante a manhã e duas horas durante a tarde, em média, dependendo da quantidade de animais hospedados. O pátio dos cachorros pequenos é de 30 m², enquanto que para os grandes é de 2 mil m².

No total, são 30 canis para animais de grande porte e 40 para pets pequenos. Quando soltos, os peludos são supervisionados por um monitor. Eles nunca ficam juntos, apenas se forem da mesma família. O espaço tem uma área total de 30 mil m². Animais pequenos pagam R$ 35 a diária e grandes, R$ 40. Se a estadia durar mais de 15 dias, existe desconto de 10%. Os proprietários tiram fotos diárias dos pets e mandam para os donos.

O local também oferece banho, porém apenas para animais hospedados. A entrega e recepção de pets no fim de semana vai até as 13 horas de sábado, mas é possível negociar. Há serviço de leva e traz.

Endereço: Rua Frederico Stival, 262 – Estrada do Marmeleiro. Almirante Tamandaré. Telefone: (41) 3109-4455.

 

Fontes: Renata Bonardi (proprietária Diversão); Josué Carpes (proprietário Cia Quatro Patas); Fernanda Silva (veterinária Pet Spa); Larissa Passarin (proprietária Casa do Pluto); Paula Pezzini (veterinária Maison Chien); Henri Kipgem Neto (veterinário Doctorvet); Lívio Flazian (funcionário Bia e Nina); Carlos Fabiano Sedlak (proprietário Bem Cuidado); Raquel Biasi (funcionária Clínica Veterinária São Chico); Gabriel Lechenakoski (funcionário Aconchego dos Bichos); Fabiana Gubert (veterinária e proprietária Pets Veterinária); Márcia Fernandes (proprietária Super Fofinhos); Tatiana Takeko (veterinária Cantinho do Gato) e Walter Fritsch (proprietário Pet Hotel Canela Gorda).

 

LEIA TAMBÉM

>>> Feitos um para o outro! Conheça histórias de crianças e seus pets

>>> Quais raças de cachorro são boas para apartamento?

>>> Seu pet fica muito tempo sozinho? Leve ele para a creche!

 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário