Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Lola, a buldogue curitibana, e outros pets famosos nas redes sociais

Fofos e cheios de carisma, esses bichinhos de estimação têm milhões de fãs no Instagram. Em Curitiba, Lola segue os passos dos “ídolos”

Lola: de tanto dominar as redes dos tutores, ganhou perfil próprio. Foto: Reprodução/Instagram

Eles aparecem dormindo, comendo, correndo e pulando. Normalmente são cachorros e gatos, mas raposas, porcos e até perus também têm seu espaço. São os pets com contas próprias no Instagram, que atraem legiões de fãs ávidos por suas postagens.

Embora não esteja entre os mais famosos pets da rede social, a buldogue Lola, de Curitiba, tem mais de oito mil seguidores por lá. Seus tutores são a jornalista Marina Wagner Portella e seu marido, o empresário Maurício Rifiski.

A conta da Lola no Instagram foi criada porque Marina não parava de postar fotos dela em sua conta pessoal. “Eu tava meio monotemática, sabe? Só tinha foto dela, tinha foto todo dia. Achei que o pessoal já podia estar meio cheio. Aí decidi criar a conta dela, separada.”

Foto: Reprodução/Instagram

Para a jornalista, manter o Instagram da Lola atualizado também é uma forma de guardar os registros da vidinha dela. “Eu não levo tão a sério. Posto quando dá tempo, quando ela fez algo legal. Não tenho uma rotina específica para postar, ou a obrigo a fazer foto para isso. E nunca usei patrocínio em dinheiro, todos os seguidores estão ali de forma orgânica.”

Lealdade

É claro que, quando se trata de um pet, as postagens dependem muito da dedicação do tutor. Mas, ainda que Marina não se preocupe tanto com a frequência dos posts, os seguidores continuam fiéis. “Tem alguns que curtem todas as fotos. Tinha uma mulher que comentava em toda foto. Ela sumiu por um tempo e depois voltou. Até cheguei a brincar que tinha sentido saudades. Aí ela veio dar explicação, que ela tava estudando e tinha dado um tempo de entrar nas redes sociais”, conta, rindo.

Foto: Reprodução/Instagram

Mesmo com tanto carinho dos fãs, a jornalista diz que não espera transformar a conta em um negócio. “Eu gosto de receber comentários, gosto de receber os elogios, gosto quando as pessoas falam comigo e dizem que seguem a conta dela, gosto que ela receba presentes. O fato de ter mais de oito mil pessoas interessadas no que eu posto é muito legal. Mas não acho que um dia eu vá realmente ganhar dinheiro com isso, porque isso vai exigir uma rotina, uma disciplina.”

Para a tutora, os grandes responsáveis pelo sucesso de Lola na internet são o carisma e a espontaneidade que ela demonstra. “Não tem foto forçada, ela é aquilo lá. Pessoalmente ela é extremamente simpática, me faz ser menos curitibana porque é atração no condomínio. O pessoal vai até onde ela fica para vê-la.” A buldogue é tão querida que Marina se diverte lembrando que já chegou a pegar encomendas que chegam no nome da própria Lola.

Ícones mundiais

Assim como Lola, há inúmeros bichinhos que arrastam multidões no Instagram. O Viver Bem já contou, por exemplo, a história de Esther, a Porca Maravilha. Eles recebem presentes, visitas e propostas de parceria publicitária. Em troca, proporcionam momentos de pura fofura para quem os segue. De acordo com um levantamento feito pela rede social, estes foram os dez pets mais seguidos por lá em 2017:

1º lugar – Jiffpom

Jiffpom é um Lulu da Pomerânia que tem mais de oito milhões de seguidores. Em suas postagens no Instagram ele aparece quase sempre usando roupinhas fofas ou divertidas. O sucesso é tanto que ele já esteve no Guinness Book três vezes como o animal mais seguido em todas as redes sociais (são 25 milhões de seguidores somando todas elas). Não à toa o cachorrinho, que vive nos Estados Unidos, ficou em primeiro lugar no levantamento.

Jiffpom comemorando o Natal de 2017. Foto: Reprodução/Instagram

2º lugar – Nala Cat

Com 3,5 milhões de seguidores, Nala Cat é uma gatinha mestiça de siamês com tabby que ficou em segundo lugar. Ela foi adotada quando tinha cinco meses e já vive com seus tutores há sete anos. Em sua conta no Instagram, ela está quase sempre aprontando alguma em vídeos engraçados e fotos impagáveis. Nala também é dos Estados Unidos.

Nala Cat “dirigindo um filme”. Foto: Reprodução/Instagram

3º lugar – Doug the Pug

Famoso por seus vídeos divertidos e fotos em situações inusitadas, o também americano Doug The Pug ficou com o terceiro lugar. Hoje são 3,2 milhões de seguidores em seu Instagram. Uma só foto sua chega a ter mais de 250 mil curtidas. Doug tem até uma loja online que vende camisetas, acessórios e outros produtos inspurados em suas aventuras.

Doug The Pug curtindo uma pizza. Foto: Reprodução/Instagram

4º lugar – Marutaro

Outro que também já tem seu próprio e-commerce é Maru, um cão da raça Shiba Inu que vive no Japão. Cor de caramelo, ele já conquistou os corações de 2,6 milhões de pessoas. Todo fofinho, ele parece o cachorro perfeito para ser o melhor amigo de qualquer humano.

Maru em uma “manhã chuvosa”. Foto: Reprodução/Instagram

5º lugar – Grumpy Cat

Em quinto lugar, o “gato mais mal humorado do mundo”, Grumpy Cat. Mesmo estando “eternamente de mau humor” graças às suas feições naturais, esse gatinho americano virou sensação na internet. Já são 2,4 milhões de seguidores e uma marca de camisetas com fotos suas e dizeres como “eu me apaixonei uma vez… foi horrível”, ou “quem se importa?”.

6º lugar – Marnie the Dog

A Shih Tzu Marnie the Dog tinha quase dez anos de idade quando foi encontrada nas ruas da cidade de Connecticut, nos Estados Unidos. Depois de passar quatro meses em um abrigo, ela foi adotada por sua tutora. Ela já estava cega do olho esquerdo e precisou tirar 14 dentes. Mas o que poderia ser uma história trágica é, na verdade, um dos motivos para Marnie ser tão amada no Instagram. Ela tem 2,1 milhões de seguidores, uma loja online e até um livro publicado com a sua história.

7º lugar – Tuna

Outro pet que ficou tão famoso que ganhou até um site é o cachorrinho Tuna. Ele é “uma chihuahua com uma sobremordida exagerada, um queixo recuado e um magnífico pescoço enrugado”. Depois de ser resgatado com quatro meses em um mercado em Los Angeles, nos Estados Unidos, ele foi adotado. Hoje ele tem mais de 1,9 milhões de fãs e uma outra conta no Instagram dedicada exclusivamente às suas viagens.

Tuna buscando um amor no Dia dos Namorados. Foto: Reprodução/Instagram

8º lugar – Juniper&Fig

Em meio a tantos cachorros e gatos, uma raposinha brilha intocável. É Juniper Foxx, que tem 2,2 milhões de seguidores. Caramelo com manchas negras nas patas, ela convive pacificamente com os outros bichinhos que vivem com ela nos Estados Unidos. Seus vídeos são uma grande sensação e seus tutores aproveitam a popularidade de Juniper para falar sobre assuntos relevantes como a proteção às raposas. (Juniper já tem mais seguidores que Tuna e Marnie, mas, como o levantamento feito pelo Instagram se refere a 2017, optamos por mantê-la em sua posição original.)

Juniper faz pose para a foto. Foto: Reprodução/Instagram

9º lugar – Lil BUB

Bub é uma gatinha com necessidades especiais. Por isso, sua loja online levanta fundos para animais que estejam em situações parecidas com a dela. Pequena e muito esperta, ela esbanja carisma em fotos e vídeos compartilhados com seus mais de 1,7 milhão de seguidores. Ficou com o nono lugar no levantamento do Instagram.

10º lugar – Loki

Em décimo lugar ficou Loki, um husky que vive nos Estados Unidos. Ele e seu tutor, Kelly, começaram a praticar snowboard juntos quando ele era só um filhotinho de quatro meses. De lá para cá já fizeram muitas viagens e ganharam mais de 1,7 milhão de seguidores no Instagram.

 

LEIA TAMBÉM:

8 recomendações para você

Deixe seu comentário