i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Comportamento

Deixar a porta aberta durante a ceia e outras curiosidades sobre o Natal

Você sabe o que significam as cores natalinas? E quem teve a ideia de colocar luzinhas nas árvores de Natal? Confira estas e outras curiosidades sobre a festa

  • PorRedação
  • 16/12/2018 09:00
Está chegando o Natal. Você sabe tudo sobre a data? Foto: Pixabay
Está chegando o Natal. Você sabe tudo sobre a data? Foto: Pixabay| Foto:

Nem todo mundo celebra o Natal da mesma maneira e há fatos sobre a celebração que poucos conhecem.  Selecionamos 10 curiosidades sobre a época do Natal e ano-novo para quem ainda não entrou no clima e para quem é apaixonado pela data.

>> Como se comemora o Natal em diferentes países

1) Árvore de Natal tupiniquim. A primeira árvore de Natal montada no Brasil foi em 1909, no Rio Grande do Norte.

2) Toca o sino, em inglês.  Jingle Bells, música natalina tradicional, foi também a primeira música cantada no espaço, no dia 16 de dezembro de 1965.

3) Quem teve a ideia? A árvore de Natal pode até ter sido uma criação da Alemanha, de acordo com uma das teorias, mas foram os ingleses que popularizaram o símbolo tradicional. Estima-se que os ingleses tiveram contato com a tradição de montar a árvore na época do Natal em 1850, quando a rainha Vitória montava árvores enormes na residência de férias, na ilha Wight. Depois, a população britânica passou a imitá-los.

Segunda edição de festa natalina na cidade histórica do Paraná durará uma semana. Foto: Marina Khrapova / Unsplash
Segunda edição de festa natalina na cidade histórica do Paraná durará uma semana. Foto: Marina Khrapova / Unsplash

4) Luzinhas na árvore. Foi Edward Johnson, assistente de Thomas Edison, o inventor da lâmpada elétrica, quem teve a ideia, em 1882, de colocar luzinhas nas árvores de Natal. A população só pode comprar as luzinhas, porém, a partir de 1890, nos Estados Unidos, quando foram produzidas em massa.

>> Como os apaixonados pelo Natal mudam cada detalhe da casa e inspiram as famílias

5)  Missa do Galo. Levar um galo ao ato religioso era um costume em Portugal, Espanha e mesmo no Brasil. Se o animal cantasse, isso seria um sinal positivo para o ano seguinte.

6) Joyeux Noël. A frase ‘Feliz Natal’ pode ser bem diferente em outras línguas, mas entre as derivadas do Latim, é bem parecida: em francês, Joyeux Noël; em espanhol: Feliz Navidad; em italiano: Buon Natale.

Na Espanha, acende-se uma vela na virada do dia 24 a 25 de dezembro ao lado da manjedoura com o menino Jesus. Foto: VisualHunt
Na Espanha, acende-se uma vela na virada do dia 24 a 25 de dezembro ao lado da manjedoura com o menino Jesus. Foto: VisualHunt

7) Noite Feliz. A canção ‘Noite Feliz’ nasceu na Áustria, em 1818, na cidade de Arnsdorf. Quando ratos entraram no órgão da igreja e roeram os foles, o padre foi buscar um instrumento que pudesse substituir o antigo, para que o Natal não passasse sem música. Durante a procura, imaginou como teria sido a noite em Belém e surgiu a melodia.

8) Cores natalinas. O verde simboliza a vida e o renascimento; o vermelho representa o sangue de Jesus Cristo e o dourado referencia a luz, riqueza e realeza.

9) Ceias diferentes. Os franceses comem patês de trufas e frutos do mar na ceia de Natal, enquanto os portugueses não dispensam o bacalhau. Os alemães não comem peru e nem farofa, os italianos comem enguia e, na Espanha, é tradição a Rosca dos Reis Magos, com brinquedos no interior da massa.

(Foto: VisualHunt)
(Foto: VisualHunt)

10) Para os amigos e vizinhos. Natal não é apenas o momento de congregar a família, mas todos os amigos e vizinhos. Na Europa era costume deixar a porta de casa aberta na noite de Natal para que todos que passassem pudessem participar da ceia. Afinal, Natal é época de compartilhar.

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.