Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

3 dicas para manter a equipe motivada em tempos de crise

Especialista em desenvolvimento humano, Gaya Machado, traz dicas eficazes para melhorar o clima e a produtividade no ambiente de trabalho

A crise política e economia brasileira tem afetado o mercado de trabalho, baixos salários, poucas perspectivas e o aumento do desemprego têm afetado a motivação dos brasileiros e sua produtividade. Em momentos como este, manter a equipe motivada é fundamental para que as empresas continuem produzindo e os empregos sejam mantidos, mas nem sempre é uma tarefa fácil.

Para a palestrante e treinadora comportamental especialista em desenvolvimento humano Gaya Machado, a maior parte dos colaboradores se mostra disposta a fazer um esforço genuíno para ajudar a empresa se isso significar manter o seu emprego. Nestes momentos, o maior erro que a companhia pode cometer é deixar de dar satisfação sobre a situação real na qual se encontra.

LEIA MAIS

Coach ensina três dicas para um networking eficiente

Dalai Lama cria site que ajuda a encontrar a paz interior

10 sites para relaxar e melhorar o rendimento no ambiente de trabalho

Quando algo não vai bem, o clima na organização muda. Pensar que isso pode ser escondido é um grande erro. A falta de clareza tende a alimentar conversas de corredores e gerar especulações. Transparência nestes casos é sempre a melhor alternativa. Outros dois erros que devem ser evitados pelas organizações são não valorizar o empenho e dedicação das pessoas e atrasar o pagamento dos salários. Simples ações podem fazer a diferença nestes momentos, por isso Gaya traz três dicas eficazes para manter a equipe motivada em tempos de crise:

1. Destaque a importância de cada um: valorizar os funcionários e deixar clara a importância de cada um deles para superar o momento difícil é fundamental. Quando o colaborador percebe que é valorizado como parte do processo, a tendência natural é que se engaje e se dedique em busca de melhores resultados.

2. Ouça o que seu funcionário tem a dizer: um colaborador comprometido tem uma grande chance de perceber o cenário de crise de forma diferenciada. Ele pode oferecer sugestões para melhoria que não seriam facilmente percebidas por quem está na liderança.

3. Seja o exemplo: o comportamento do gestor diante de um momento de crise é muito mais forte do que suas palavras. Quando os líderes se mostram motivados em superar a fase ruim, tendem a inspirar suas equipes a agirem da mesma maneira.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário