Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

As grandes tendências para 2015

Decorar com arranjos que misturam tipos de flores diversos ou simplesmente trocá-los por objetos estão em alta

Foto: Lari Guimarães Fotografia

Celebrar em meio a um “jardim” é uma das tendências mais quentes de decoração para casamentos este ano, em que casal e convidados desfrutam de um “space garden”. Abusar de arranjos florais com plantas e flores diferentes com uma arte não tradicional é a inspiração. “Isso dá uma bossa ao ambiente”, diz a decoradora Cecília Mikos Sikora, da Arte em Flor.

Usar uma única espécie de flor no casamento passa a sensação de padronização e seriedade, enquanto arranjos com flores diversas confere um ar moderno e descontraído ao casamento. “Alstroemerias, boca de leão e mosquitinhos em arranjos monocromáticos são tendência”, diz.

Equilíbrio de cores

Em lado oposto, está em alta reduzir o predomínio das flores com o uso de objetos (foto)  que dão personalidade ao casamento, como quadros, espelhos, vasos, faixas, garrafas, balões, fotos e lanternas, o que diminui o valor gasto naquele  item que pesa no bolso.

Combinar plantas e objetos decorativos exige atenção no equilíbrio de cores, cujo hit do ano, segundo João Callas da empresa João Callas Festas, tem nome: marsala, uma cor marrom avermelhada. “Por ser muito forte, usam-se para suavizá-la cores complementares (champanhe, verde claro, os off whites e o branco). Com o azul marinho em toalhas e panos, decorando com cristal e prataria, tem-se um casamento mais dramático”, diz o decorador.

Em alta

Marsala
Escolhida pela Pantone, a cor vinho  traz elegância e sofisticação quando usada nas flores, trajes de madrinhas e padrinhos ou em tolhas de mesa.

Space Garden
As tropicais helicônias dão um toque moderno, pelo formato não tradicional. Galhos secos no altar ou no corredor dão um ar rústico. Dracenas e costela-de-adão dão um clima de “jardim”.

Casamentos diurnos
Aproveitar a claridade natural destaca o estilo jardim adotado na cerimônia e dá mais tempo para os convidados aproveitarem a festa.

Objetos
Quadros, espelhos, vasos, faixa, garrafas, balões, gaiolas com flores, fotos e lanternas compõe a decoração ao lado das flores. Podem estar na parede, mesas, armários e no teto.

 

A vez das suculentas

As plantas do tipo suculentas, antes usadas apenas como decoração para jardins mais neutros, estão em alta. “Elas são fáceis de cuidar, são mais baratas e duram o dia inteiro”, diz Taty Heyn, do cerimonial homônimo. Além do tradicional dedinho-de-moça, os noivos podem optar por outras espécies de suculentas na decoração: um vaso com cacto como lembrancinha, decorar o buquê da noiva ou o bolo com echeveria, fazer arranjos de mesa com kalanchoe de diversas cores ou a onze-horas enfeitando o corredor que leva até o altar.

Para entrar no estilo “space garden” os noivos devem estar atentos se a estação do ano irá permitir o uso de determinadas plantas. “Caso não existam à época do casamento, importar um tipo de flor pode encarecer muito o orçamento. Tenha um plano B”, diz Geisa Fadel, da Minicasamentos.

 

Personalização

Não quer um casamento “padronizado”? A resposta está em três letras, que os noivos mais descolados vão ouvir bastante: DIY, a abreviação de Do it yourself (faça você mesmo, em inglês). Em alta, imprimir a personalidade dos noivos à festa leva um clima aconchegante para todos.

Os elementos podem estar em toda a parte, do convite dos padrinhos – entregues de maneira surpreendente, dentro de balões – aos elementos de decoração, como peças de madeira ou lousas pintadas à mão com tinta ou giz colorido com frases criativas que expressem o espírito do casal.  Os cones de papel craft revestidos com renda e amarrados ao encosto das cadeiras com barbante colorido decoram e são um convite para desejar felicidade aos recém-casados. Forminhas para as guloseimas feitas de modo manual com papel, tecido ou cetim, dão um toque especial, assim como personalizar garrafas com cartões/pinturas à mão e cheias de flores ou mesmo guardanapos.

Ajuda

Se os noivos não têm habilidade para artes manuais, o ideal é colher dicas de especialistas, solicitar a supervisão de um decorador antes de colocar a mão na massa ou, ainda, recorrer a empresas que elaborem as sugestões encomendadas pelos noivos.

As dicas são das blogueiras Manoela Cesar (Colher de Chá Noivas) e Marina Pastore (Vestida de branco); Débora Chaves, da empresa de decoração Como Antigamente; e Dora e Sisi Grings, da Vitória Forminhas.

 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário