Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Clube da Alice comemora dois anos com festa e novos projetos

Festa aconteceu no último domingo (4) e premiou as “alices” que foram destaque em 2016: empreendedorismo, superação e “espírito alice” foram critérios da escolha

Thaysa Melo e Mônica Berlitz, fundadoras do Clube da Alice: premiação e novidades para 2017. Foto: Paula Kavulack /divulgação

Criado com o objetivo de unir mulheres empreendedoras e dar uma forcinha na compra e venda de produtos autorais ou não, além da divulgação de serviços, o Clube da Alice comemorou dois anos com festa no último domingo. O clube é um grupo fechado no Facebook que extrapolou as suas metas iniciais. A começar pela dimensão. Hoje,  tem mais de 300 mil integrantes. Todas mulheres. Essa, aliás, foi uma das premissas que não alterou desde que o grupo foi criado, em 2014. No entanto, a projeção só vem aumentando. Hoje o Clube da Alice tem um programa no rádio, um blog da Gazeta do Povo, uma loja no Shopping Mueller, além de realizar várias ações sociais.

As "alices" que se destacaram em 2016 foram homenageadas. Foto: Paula Kavulack /divulgação

As “alices” que se destacaram em 2016 foram homenageadas. Foto: Paula Kavulack /divulgação

“O grupo extrapolou o que era nossa ideia inicial e hoje faz muito mais do que imaginamos. Hoje temos certeza de que o Clube da Alice transformou a vida de muita gente e isso nos dá uma alegria e sensação de realização imensas”, conta uma das fundadoras do grupo Mônica Berlitz. Em uma festa no Crossroads no último domingo, o grupo premiou algumas “alices” (como são chamadas as integrantes do grupo) que se destacaram em 2016, como Dircilene Ventura, que ganhou destaque nacional depois de colocar no Clube da Alice que estava vendendo um buquê de coxinhas.

“O Clube da Alice mudou minha vida. No dia em que divulguei a venda do buquê tive 6 mil curtidas”, comemora.  Giuliana Druzian e Fabiana Ribeiro de Palma também ganharam o Prêmio Destaque. Carol Passos e Jenni Mosello foram homenageadas por terem conquistado destaque nacional no último ano. Carol Passos é participante do The Voice Kids e Jenni Mosello do X-Factor.

O Prêmio Superação Foi para Letícia Fanini, que tem um filho com uma síndrome rara e luta para dar condições melhores para criança. O Prêmio “Espírito Alice” foi concedido a Kelem Menino. Uma professora do jardim de infância que começou uma campanha para reformar a escola em que dá aula, localizada em uma comunidade carente.

Para as fundadoras do Clube da Alice, Mônica Berlitz e Thaysa Melo, essa atitude traduz o que o grupo é capaz de fazer, já que muitas integrantes contribuíram para a ação, que movimentou diversas pessoas. “São ações pequenas, mas com grande poder transformador”, diz Mônica.

Planos para 2017

Durante a festa, foi anunciada a ação do grupo para 2017: “Alice em forma”. Uma “alice” já foi escolhida para o desafio: Andrea Passos. A professora e empresária vai ganhar o acompanhamento e a meta é perder 50 quilos ao longo do ano. Quem quiser participar do desafio para manter a forma pode se inscrever pelo e-mail aliceemforma@clubedaalice.com.br. A vencedora será conhecida no próximo dia 24 de dezembro.

 

LEIA TAMBÉM

>> Vicentina tem moda até debaixo d´água

>> Sua pele pode envelhecer antes de você. Veja os sinais!

>> Crianças podem “escolher” tratamento após os 7 anos de idade

8 recomendações para você

Deixe seu comentário