Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Comerciante carrega idoso de 89 anos nas costas para ajudá-lo a chegar ao seu destino

Ao perceber que o idoso estava com dores nas pernas, Sebastião Ferreira de Matos, de 38 anos, ofereceu a “carona”

A ação foi registrada por um fotógrafo de Uberlândia, no interior de Minas Gerais. Foto: Arquivo pessoal/Sebastião de Matos

Ao perceber que um homem de 89 anos estava com dores nas pernas e precisava percorrer quase duas quadras para chegar em casa,  o comerciante Sebastião Ferreira de Matos, de 38 anos, colocou o idoso nas costas e o carregou até o seu destino.

Matos é proprietário de um estacionamento e lava jato na cidade de Uberlândia, interior de Minas Gerais, e limpava um veículo no momento em que o homem se aproximou do local. “Esse senhor mora aqui perto e costumava sempre caminhar pela região e conversar com a gente, mas fazia quase três meses que não fazia essa caminhada devido a fortes dores no joelho”, relatou.

>> Ela melhora a autoestima de mulheres com câncer fazendo de graça um procedimento que custa R$ 3 mil

No dia 19 de março, no entanto, o idoso decidiu se aventurar novamente na prática de exercícios físicos e teve dificuldades para concluir o trajeto ao redor do quarteirão. Por isso, parou alguns momentos no estacionamento próximo à sua casa e puxou conversa com o proprietário do estabelecimento enquanto descansava.

“Ele começou a conversar comigo e citou que estava sentindo bastante dor. Na hora eu perguntei se ele subiria nas minhas costas para que eu o carregasse até sua casa, e o Seu Jovenil não pensou duas vezes”, conta o empresário.

Segundo ele, o idoso tem baixa estatura, pesa aproximadamente 40 quilos e ficou muito feliz com a carona inusitada. “Até brinquei com ele no caminho”, recorda Sebastião, que carregou o idoso por alguns metros e retornou ao trabalho logo depois.

Sebastião estava trabalhando em seu lava car quando percebeu que o idoso precisava de uma “carona” para chegar em casa. Foto: Aquivo Pessoal/Sebastião de Matos

Durante o percurso, o fotógrafo Neto Carvalho, de 29 anos, observou a cena à distância, decidiu tirar uma foto e postou a imagem em suas redes sociais. “Esse homem colocou o idoso nas costas sem pensar duas vezes e saiu carregando ele até o endereço que procurava. Meu coração sorriu na hora, tive que parar e registrar”, afirmou o morador do bairro Aparecida, que ficou comovido ao ver o comerciante deixar seu serviço para ajudar o vizinho. “Ele parou de trabalhar só para isso. Sem dúvida, deu um grande exemplo para muitos”, afirmou o fotógrafo.

Para Matos, a ação revelou o poder que um ato simples tem para mudar o dia de alguém. “Você não precisa sair carregando todo mundo nas costas, mas qualquer ato que faça por outra pessoa, por menor que seja, vai fazer a diferença”.

LEIA MAIS

8 recomendações para você

Deixe seu comentário