Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Fotógrafa registra cenas do cotidiano de famílias curitibanas
| Foto: Mariana Alves Fotografia

A fotógrafa curitibana Mariana Alves é formada em jornalismo e sempre trabalhou com o estilo documental. Depois de ser mãe, iniciou uma pós-graduação em história da arte e criou um projeto de retratos de família. A experiência da maternidade e o trabalho teórico levou a fotógrafa a clicar casamentos e famílias. “Eu queria registrar a vida das pessoas, e fazer isso na casa delas durante uma parte do dia era o que me parecia fazer mais sentido, principalmente porque deixava as pessoas mais à vontade”, conta.

Fotógrafa registra cenas do cotidiano de famílias curitibanas
| Mariana Alves Fotografia

Seu interesse era no banal, na rotina. “Deixamos de registrar algumas coisas que são tão belas na nossa vida… Resolvi enfatizar esses momentos e mostrar para as pessoas que cada pedaço da rotina tem beleza e que esses momentos tornam a vida gostosa”, diz. Não é preciso uma data comemorativa ou um evento especial para atrair o olhar da fotógrafa. Inspirada na espontaneidade, a proposta de Mariana é transmitir a beleza do cotidiano – um almoço em família, um olhar, crianças brincando, um beijo roubado.

Fotógrafa registra cenas do cotidiano de famílias curitibanas
| Mariana Alves Fotografia

Junto com a proposta de fotografar a vida das famílias de forma documental ela criou o “Não repare a bagunça”, onde clica a casa das pessoas. Para ela tudo está interligado: ela se interessa pela vida das pessoas, pela forma com que vivem e como a casa representa o mundinho de cada um. Tudo que, para ela, envolve muito amor.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]