Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Mulheres com autoestima elevada são mais produtivas e felizes, apontam especialistas

Potencializar a confiança e aumentar a capacidade de perceber as próprias habilidades são os primeiros passos para uma vida com mais propósito

A modernidade trouxe às mulheres a possibilidade de se expressarem e poderem mostrar ao mundo seu real valor, que vai muito além de ser dona de casa, mãe e esposa. A cada ano que passa, novos questionamentos são colocados em pauta e o potencial feminino vem crescendo de forma avassaladora. Em contra partida, estudos revelam que as mulheres vêm vivenciando inúmeros problemas causados pela baixa autoestima e autoconfiança, que juntos, são causas que impossibilitam viver a vida de forma plena.

De acordo com a coach Juci Nones, existem quatro pilares que são fundamentais para o sucesso com felicidade: autoconhecimento, automotivação, autoestima e autoconfiança. “Equilibrar vida pessoal e profissional, viver várias versões de si mesma é um grande desafio feminino e que requer uma atenção especial e grande habilidade”, explica.

Em seu livro Viva o seu melhor, ela explica que mulheres com autoestima e autoconfiança baixas têm dificuldade em seus relacionamentos, em tomar decisões, definir limites, traçar e alcançar metas e isso acaba refletindo em toda a sua vida, pessoal e profissional.

O grande segredo para saber absorver as pressões do dia a dia, segundo Nones, é trabalhar em cima da percepção que o indivíduo tem de si mesmo. E esta percepção não é determinada pela opinião de terceiros, mas pela satisfação pessoal de cada uma. “Uma mulher que gosta de si mesma e confia no seu potencial é capaz de reconhecer o seu valor de forma realista e positiva e atrair para sua vida muito mais sucesso com felicidade”, diz. A melhor notícia é que com essas percepções bem alinhadas, estar de bem consigo mesma não é mais baseado em conceitos como beleza, talento, inteligência ou status social. Quer mais modernidade do que isso?

8 recomendações para você

Deixe seu comentário