Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Primeira orquestra do Brasil formada apenas por mulheres é paranaense

O grupo orquestral Ladies Ensemble se apresenta nesta terça-feira (25) no Teatro Guaíra; o grupo é formado por 20 musicistas e existe há quase dez anos

Foto: Brunno Covello / Divulgação

Vestidos longos, floridos, e nada menos do que 20 mulheres tocando os mais diversos instrumentos, da viola à gaita ponto. O Ladies Ensemble, primeiro grupo orquestral feminino do Brasil, surgiu da necessidade de subverter a predominância masculina nestes espaços. “A maioria das orquestras é feita por homens de smoking. E não é porque as mulheres não estudam música”, comenta a paranaense Fabiola Bach Akel, diretora artística e fundadora do Ladies.

Fabiola tem formação em música pela Belas Artes, pela Universidade Estadual Paulista, curso de extensão em Yale e passagem por diversas orquestras de São Paulo e também pela Orquestra Sinfônica do Paraná, na qual trabalhou por 14 anos. Mas a ideia surgiu de uma experiência no Avon Women in Concert no começo dos anos 2000, projeto que reunia musicistas mulheres em apresentações gratuitas pelo país. “Tinha todo aquele universo bem feminino mesmo, gostoso de trabalhar. Eu pensei um: dia vou ter o meu projeto”, relembra.

Foto: Brunno Covello / Divulgação
A solista Maryanne Francescon tem apenas 19 anos e já recebeu prêmios regionais, nacionais e mundiais. Foto: Brunno Covello / Divulgação

 

Além do foco no feminino, o grupo também valoriza as musicistas locais. Das 20 integrantes, todas são paranaenses exceto duas, uma contrabaixista e uma violoncelista. “Se eu tenho essa pessoa aqui, eu primeiro vou pegar a pessoa do Paraná. Eu esgoto todas as possibilidades daqui para aí chamar uma pessoa de fora”, explica Fabiola. Dentre os destaques do grupo estão as solistas Moara Pessatti e Maryanne Francescon, que aos 16 anos foi campeã mundial de acordeão pelo World Trophy Accordion e hoje, aos 19, acumula também títulos regionais e nacionais.

Tudo é feito por elas

Cada detalhe da apresentação é produzido pelas mãos de mulheres. As roupas, por exemplo, são confeccionadas por uma marca paranaense cuja mão de obra é exclusivamente feminina. O propósito do Concerto das Rosas, apresentação que estreia em Curitiba nesta terça-feira (15), no Teatro Guaíra, também tem como finalidade o apoio mútuo entre mulheres: parte do dinheiro arrecadado será doado para a Associação Dos Amigos do HC para o suporte de mulheres com câncer de mama.

Orquestra de smoking

A disparidade entre o número de homens e mulheres nas orquestras pode ser notada a olho nu — na própria Orquestra Sinfônica do Paraná, hoje participam 43 homens e apenas 8 mulheres. O mesmo se repete em orquestras ao redor do mundo: na Filarmônica de Vienna, por exemplo, não havia mulheres no corpo oficial do grupo até 1997. Já no Ladies Ensemble, o único homem é o maestro. “Estamos pegando o nosso espaço. A gente está aqui, a gente pode, a gente é capaz”, pontua Fabiola.

LEIA TAMBÉM:

>>> Escola itinerante estaciona em Curitiba para ensinar a fazer peruca

>>> Ator de Grey’s Anatomy grava mensagem para paranaense antes de ela receber transplante

>>> Mulheres são a solução para os problemas mundiais, segundo Chieko Aoki

8 recomendações para você

Deixe seu comentário