i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Comportamento

Roda de história para crianças tem a participação de “cães leitores”

Chamada de Pet Terapia, as atividades assistidas com cachorros ajudam no desenvolvimento pedagógico

  • PorGuilherme Grandi
  • 23/09/2018 04:00
O cão diverte e ajuda as crianças a manterem a atenção durante a roda de leitura. Foto: Guilherme Grandi/Gazeta do Povo.
O cão diverte e ajuda as crianças a manterem a atenção durante a roda de leitura. Foto: Guilherme Grandi/Gazeta do Povo.| Foto:

Foi em uma tarde na Biblioteca Pública do Paraná que o jovem Raziel Hess, de apenas 8 anos de idade, descobriu que ler um livro junto de um cachorro o ajudaria a lembrar de toda a história depois. E ele não foi o único.

> > Inscrições para Concurso Cachorro do Ano 2018 estão abertas; saiba como participar

Pelo menos uma vez por mês, um grupo de 10 a 20 crianças se reúne para uma roda de leitura de livros infantis assistida por cães, em que o bicho ‘escolhe’ o conto que será lido e ainda interage com os pequenos. De acordo com a escritora Célia Cris e Silva, a atividade busca estimular o desenvolvimento pedagógico.

“Muitas vezes as crianças ficam mais aéreas, não prestam a atenção na história, mas daí o cão funciona como um catalizador da roda de leitura, fazendo com que as crianças fiquem atentas nele e no próprio livro”, diz.

>> Uma em cada cinco crianças no mundo tem algum transtorno mental; quais os sinais?

Célia é mediadora do encontro e faz a leitura do conto de acordo com o enredo da história. Os livros versam sempre sobre o universo canino, de forma lúdica e fácil de serem entendidos pelas crianças.

“E nisso a gente já está trabalhando a escuta ativa, a interpretação de texto, e até mesmo a convivência entre elas”, explica a escritora.

Veja como é a roda de leitura assistida por cães da BPP:

Desenvolvimento pedagógico

Célia conta que já teve casos de crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) que se concentram na presença do cão. “Ele também tira um pouco daquele nervoso que a criança tem de se colocar ou de falar, tem vergonha de perguntar algo perto dos outros”, completa.

A atividade também tem como objetivo incentivar a leitura e promover a comunicação e a socialização entre as crianças. O adestrador Rafael Wisnesky, do Meu Cão Companheiro, explica que geralmente são usados cães dóceis e sociáveis, que não vão assustar os pequenos.

“Dificilmente uma pessoa ficaria confortável na frente de um Rottweiller, por exemplo. Por mais que ele pudesse entregar o mesmo objetivo, o contexto social não seria favorável”, diz. O encontro na Biblioteca Pública teve o uso de um cão da raça Golden Retriever, dócil e sociável com as crianças.

Ethel Pereira Menezes e o neto, Raziel, participaram ativamente da roda de leitura com cães. Foto: Guilherme Grandi/Gazeta do Povo.
Ethel Pereira Menezes e o neto, Raziel, participaram ativamente da roda de leitura com cães. Foto: Guilherme Grandi/Gazeta do Povo.

“Cãoterapia” para todos

Este tipo de terapia não precisa ficar restrito apenas às crianças. A avó do pequeno Raziel, Ethel Pereira Menezes (60), participou ativamente da roda de leitura. Ela o levou apenas para acompanhar a atividade, mas acabou interagindo com o grupo todo.

“É uma oportunidade que nos faz refletir sobre a nossa realidade, que a gente descobre coisas de forma bem lúdica que as vezes estão a dois dedinhos de nós e nem percebemos. Ajuda muito na conscientização da vida, do mundo e até mesmo do que acontece ao nosso redor”, completa.

As rodas de leitura assistidas por cães são realizadas uma vez por mês na Biblioteca Pública do Paraná, normalmente na última semana do mês. As datas são confirmadas dias antes do evento e a participação é gratuita. Fica na Rua Cândido Lopes, 133, Centro.

Concurso Cachorro do Ano

Já inscreveu seu pet no Concurso Cachorro do ano?

Inscrições até 25 de setembro

1ª votação popular de 01 a 16 de outubro

2ª votação popular (os 20 cachorros mais votados) de 24 de outubro a 11 de novembro

Resultado final: 01 de dezembro

Inscrições pelo site

LEIA TAMBÉM:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.