Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
A Torre Eiffel é cartão postal de Paris, a cidade-luz da Europa. Foto: Thinkstock
A Torre Eiffel é cartão postal de Paris, a cidade-luz da Europa. Foto: Thinkstock| Foto:

O romance está no ar. Porque viajar para a França e no roteiro conhecer Bruges, Bruxelas e Amsterdã é puro amor. Paisagens de tirar o fôlego, pontos turísticos de expressiva beleza, muita cultura, gastronomia e doces que avivam o paladar. A escolha por conhecer essa parte da Europa levará o viajante a encontrar muita história, natureza, momentos de total apreciação e muita alegria. Para quem já esteve por esses pontos europeus é hora de voltar e conhecer aqueles detalhes que só irão dar a certeza da escolha perfeita. Prepare-se, você irá se surpreender.

O que falar de Paris? A experiência de estar nessa cidade, seja pela primeira vez ou já ter perdido a conta, é sempre única. Porque Paris não é uma só. Ela não é apenas seus muitos pontos turísticos, como o Arco do Triunfo e a Champs-Élysées. A Notre Dame e a Place Vendôme. As muitas pontes, como a Pont dês Arts ou a Alexandre III. Nem a Basílica de Sacré Coeur e Montmartre, o bairro dos artistas. O que falar então do Quartien Latin, bairro onde fica a Universidade de Sorbonne? Mas Paris também é a Torre Eiffel, construída para a Exposição Universal de 1889 e se tornou símbolo da cidade. E também os passeios de bateaux mouches, embarcações que mostram Paris de um ângulo diferente a partir do rio Sena. Ah, sim, sentar-se à beira do Sena na primavera e verão e fazer um piquenique.

Ou simplesmente deixar-se ficar nas cadeiras dos Jardins das Tulherias ou no Jardim de Luxemburgo. Você pode, ainda, preferir sentir Paris visitando Hôtel des Invalides, construído por Luis XIV e onde está enterrado Napoleão Bonaparte. Ah, mas, e os museus? Sim, Louvre, Orsay, Rodin e Centro Georges Pompidou. Não podemos esquecer da Ópera Garnier, Sainte-Chapelle, Bastilha e a pirâmide do Louvre. Vagabundear, na melhor expressão da palavra, por Paris é experimentar seu crepe, comer uma baguete na rua, sentar em um café e apreciar o movimento sem pressa. Vinho? Sim, o nacional, porque estamos na França e a variedade é para iniciantes e para os enófilos, que dominam as peculiaridades desta bebida. Paris é para todos e não para uma vez.

Assim, a viagem pode ser pela primeira vez, mas trará recordações que levarão o viajante muitas vezes até Paris. Nos roteiros da CVC, Paris pode estar combinada com outras cidades, como Londres (Inglaterra) e Frankfurt (Alemanha). Mas, no roteiro que inclui Bruges, Bruxelas e Amsterdã há um clima especial.

Bélgica e Holanda

Bruges é uma pequena cidade de contos de fadas, na Bélgica. Arquitetura medieval, canais, muitas flores. Passar um dia nessa cidade é pouco, mas permite voltar ao passado e apreciar um cenário de belezas incontáveis. Ali, caminhar pelo entorno do Lago do Amor trará novamente aquele ar de romance no ar. Ainda o Beatério, a Grote Mark, a Basílica do Santo Sangue – que leva esse nome porque nela há um cilindro que diz conter o sangue de Jesus, material achado em uma cruzada a Jerusalém no século XII e que é venerado pela população da cidade há cerca de 750 anos – e a Catedral de São Salvador. Estando na Bélgica, waffer e chocolate são imprescindíveis e a cidade oferece opções para ambos.

Seguindo para Bruxelas, capital da Bélgica, é hora de conhecer a Grand Place, praça do século XII e espaço de muitos eventos, shows e comemorações, principalmente na primavera e verão. No entorno dessa praça há muitos restaurantes, comércio. O cheiro doce no ar do waffer irá lhe roubar os sentidos. Ainda, no roteiro, a Câmara Municipal com sua torre gótica de 96m, o Manneken Pis – estátua do pequeno menino fazendo xixi que representa a cidade, o Palácio da Justiça e Atomium, escultura em forma de átomo.

Da Bélgica para a Holanda, ou Países Baixos, é hora de chegar a Amsterdã e conhecer a terra das tulipas, dos canais e de Anne Frank. A visita a essa cidade inclui o Mercado das Flores, com suas barracas flutuantes e a Praça Dam, com bares, restaurantes, lojas e casas noturnas. A cidade traz uma aura de tranquilidade, com os passeios em torno dos canais e as muitas bicicletas que transportam as pessoas por todos os lugares. No entorno da capital há possibilidade de passeios, como aos vilarejos de pescadores Marken e Volendam – onde comunidades de tradição católica e de tradição protestante convivem em harmonia; e a Zaanse Schans, com as tradicionais casas em madeira, armazéns e moinhos de vento. Aqui estão o Grande Dique, uma das grandes obras hidráulicas da história da humanidade, passeio de barco pelos canais de Giethoorn – conhecido como a “Veneza dos Países Baixos”, onde as ruas são substituídas pelos canais e são os “punters” (como as gôndolas venezianas) que levam as pessoas de um lugar a outro. Para entender como um país que está abaixo do nível do mar sobrevive é interessante conhecer os Polders, barragens que foram construídas para conter o mar e permitir desenvolver a Holanda.

CVC prepara a sua viagem

. Nosso circuito rodoviário pela Europa tem um ótimo custo-benefício e permite otimização do seu tempo no destino.  Tudo está planejado e coordenado para garantir seu conforto.

. Apostamos sempre na inovação constante de novas tecnologias para ajudar ao máximo nossos passageiros. Com esse conceito, criamos o novo Aplicativo CVC para auxiliá-lo na viagem. Basta introduzir seu localizador de viagem que consta no voucher para ter acesso a todos os serviços oferecidos durante a viagem, como transporte, hotéis e itinerário.

. Pelo aplicativo CVC o passageiro tem canal 24 hs direto com a CVC para resolver emergências.

. Todos os roteiros da CVC incluem transporte aeroporto/hotel/aeroporto no dia de chegada a Europa e no dia de retorno da Europa ao Brasil.

. Em todos os roteiros o grupo conta com guia acompanhante que fala português.

Para viajar

Veja algumas informações importantes que a CVC reuniu para que você possa planejar a sua viagem e ter o melhor das suas férias:

. Moeda e câmbio: A maioria dos estabelecimentos europeus aceitam cartões de crédito e cartões pré-pagos internacionais. O euro é a moeda oficial de grande parte dos países, porém existem exceções como a Rússia, Suíça, Inglaterra e destinos da Escandinávia.

. O que vestir: No verão, use roupas leves que permitam caminhar com conforto. No inverno, lembre-se de levar um casaco quente, cachecóis e luvas para resistir ao frio europeu. Sugerimos levar um casaco mais elegante para aproveitar as noites e os jantares.

Serviços CVC

. Seguro de Viagem: o seguro-viagem da CVC garante segurança e tranquilidade desde a sua partida até a volta para o Brasil – recomendamos adquirir esse serviço.

. Documentação: a CVC tem estrutura para auxiliar os clientes na obtenção de documentos de viagem.

. Moeda Estrangeira: a CVC facilita a aquisição da moeda estrangeira e do cartão pré-pago.

. Vale-viagem: além de aproveitar as férias, você pode adquirir o Vale-Viagem CVC e presentear as pessoas queridas ou realizar campanhas de incentivo com uma fascinante viagem para Orlando.

Roteiros sugeridos CVC

. Brasileiros no Melhor do Triângulo Europeu

12 dias / 11 diárias de hospedagem

Paris/Londres/Bruges/Bruxelas/Amsterdã

. Brasileiros no Melhor do Triângulo Europeu com Frankfurt

13 dias / 12 diárias de hospedagem

Paris/Londres/Bruges/Bruxelas/Amsterdã/Frankfurt

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]