Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Brechó curitibano aposta em acervo de marcas famosas

Inaugurado há quatro anos, o Brechó Trinca Z amplia instalações e divide acervo por estações e interesse. Agora, 2,5 mil, das 8 mil peças do acervo estão expostas

Peças são garimpadas pelos proprietários Caca Brainta e Jeferson Sabatke, que tem ampla experiência com a moda. Foto: divulgação.

Já faz tempo que a experiência de consumo vem se transformando, principalmente no que diz respeito à moda. Para atender uma demanda que aposta na criatividade e sustentabilidade, os brechós também passaram por uma verdadeira revolução nos últimos anos e continuam se reinventando constantemente. O Brechó Trinca Z, em Curitiba, é prova disso. Foi transformando a captação do acervo de acordo com a mudança de comportamento dos clientes e agora amplia as instalações para poder expor ainda mais as peças garimpadas cuidadosamente pelos proprietários.

Criada pelos empresários Caca Brainta e Jeferson Sabatke, há oito anos. A “marca Trinca Z” era especializada em roupas vintage. Foi em uma dessas crises, em que a necessidade vira mãe da inventividade, que Cacá decidiu colocar à venda as peças do seu acervo próprio, em uma sala de um salão de Curitiba. A iniciativa deu tão certo que ele decidiu abrir um espaço exclusivo. Assim surgiu, há quatro anos, o Brechó Trinca Z.

Peças do acervo são cuidadosamente selecionadas pelos proprietários. Foto: divulgação

Peças do acervo são cuidadosamente selecionadas pelos proprietários. Foto: divulgação

“Foi uma época em que usar roupa de brechó deixou de ser cafona e começou a ser cool. As pessoas começaram a perceber que dava para garimpar muita coisa boa nesses acervos”, conta Cacá. O cenário mudou e o vintage deixou de ser tendência. E para acompanhar essa mudança, o ex-produtor de moda apostou na compra de peças de luxo e de marcas icônicas. Marcas como Burberry, Chanel, Kenzo, Michael Kors, Animale, Kate Spade, Bo.bo, FARM, Bobstore, Le Lis Blanc fazem parte do acervo, mas outras peças bacanas, não só de  marcas icônicas, também pode ser garimpadas por lá.

LEIA TAMBÉM

>> Marca curitibana relaciona peças únicas à singularidade de cada corpo

>> O que faz de Helen Mirren símbolo de beleza na terceira idade?

>> Um roteiro de brechós de luxo em Curitiba e São Paulo

“Como trabalhei muito tempo com produção de moda e nós dois (ele e o sócio Jeferson) gostamos muito do tema, o garimpo das peças é feito com muito cuidado e atenção. Atualmente fazem parte do acervo aproximadamente 8 mil peças. Com a ampliação da loja, que agregou a casa ao lado à sua estrutura, cerca de 2,5 mil peças vão estar expostas, ao alcance do consumo do público. “Tem muita gente que trocou o shopping pelo brechó ou sempre passa aqui antes de ir para outras loja comprar peças novas”, conta.

Mais de 2,5 mil peças de um acervo de 8 mil estão expostas. É possível encontrar Marcas como Burberry, Chanel, Kenzo e Michael Kors. Foto: divulgação

Mais de 2,5 mil peças de um acervo de 8 mil estão expostas. É possível encontrar Marcas como Burberry, Chanel, Kenzo e Michael Kors. Foto: divulgação

A casa tem um espaço interno de 350m2 e foi remodelada com um projeto que privilegia a arquitetura original, com tijolos aparentes e iluminação indireta. A obra é assinada pelas projetistas Liliana Brainta e Marli Soares, que criaram mobiliário e luminárias especialmente para as araras da loja.

Serviço: A inauguração do novo espaço acontece no próximo sábado (16) para o público, das 11 às 17 horas. Rua Trajano Reis, 558 – São Francisco –  (41) 3308-5902

8 recomendações para você

Deixe seu comentário