Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Moda feita aqui pertinho

Segunda etapa da Expedição da Moda chega aos Campos Gerais para conhecer as pessoas que se dedicam ao ofício da moda



Produção das roupas em malha da IIN


Produção das roupas em malha da IIN


Produção das roupas em malha da IIN


Produção das roupas em malha da IIN


Sapatos de festa exclusivos feitos por Fernanda Nadal


Sapatos de festa exclusivos feitos por Fernanda Nadal


Sapatos de festa exclusivos feitos por Fernanda Nadal
Para conhecer o universo da moda paranaense, a Expedição da Moda Viver Bem, que tem o patrocínio de Make B. de O Boticário, já percorreu longas distâncias, mas não é preciso ir muito longe para descobrir histórias e personagens interessantes que se dedicam à moda no estado.

Na segunda etapa de viagem, que começou nesta segunda-feira (28), a equipe formada pela repórter Bruna Bill, pelo cinegrafista Bruno Henrique de Matos e pelo fotógrafo Brunno Covello percorreu pouco mais de 115 km e chegou a Ponta Grossa para conhecer um pouco desse ramo modesto na cidade.

Luxo exclusivo

A primeira parada foi no atelier de Fernanda Nadal, designer de moda que se dedica a fazer vestidos, sapatos e bolsas para festa, com muita exclusividade e luxo. Lá, os sapatos são feitos sob medida, por encomenda da cliente, o que resulta num trabalho de tecidos, cores e bordados únicos.

O pequeno ateliê abriga as partes de criação, modelagem e também o minucioso bordado dos sapatos. Depois desse processo totalmente artesanal, as peças são enviadas para fábricas de montagem, em Curitiba e em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul e só então voltam para Ponta Grossa, onde são enviadas para as clientes em várias partes do país.

“Trabalhamos com couro de pescada, tilápia e até de canela de avestruz, além dos cristais Swarovski. Cada par de sapato leva em torno de 20 dias para ficar pronto e o mais básico custa a partir de R$ 380, podendo chegar até 2 mil reais”, conta Fernanda.

Tendência no conforto

Há 29 anos no segmento de confecção, a IIN Moda Esportiva investe em peças em malharia, mas longe dos básicos. Cheias de estampas, serigrafias e tendências de moda, as peças transitam do esportivo ao resort e até podem ir a festas.

Indianara Mattar Milléo, sócia proprietária e estilista da marca, começou o ofício costurando as roupas para seu filho e logo tomou gosto pela coisa. Depois do início com moda infantil, ela, juntamente com sua sócia Icléa Saliba Cunha, que cuida da parte administrativa, resolveram investir no comércio de moda feminina no atacado.

Com as viagens a feiras em São Paulo e Minas Gerais, os negócios chegaram ao auge no início dos anos 2000, quando chegaram a produzir 6 mil peças ao mês. “Hoje estamos num processo de desindustrialização, pois a concorrência asiática é muito forte e não estamos conseguindo acompanhar”, lamenta Indianara.

Pelas araras o que se vê é o resultado da dedicação das duas amigas de infância, que fazem uma moda acessível e muito confortável, sem abrir mão do estilo. Estampas animais, cores vivas e as últimas tendências em moda estão presentes em todas as peças que são feitas com um acabamento cuidadoso, o que torna a roupa em malha também sofisticada.

A Expedição da Moda continua sua jornada em busca de histórias da confecção no Paraná e amanhã a parada é Imbituva

Sapatos de festa exclusivos feitos por Fernanda Nadal
, a capital da malhas. Acompanhe tudo pelo site!

Sapatos de festa exclusivos feitos por Fernanda Nadal

8 recomendações para você

Deixe seu comentário