Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Prêmio João Turin e novos talentos da moda encerram o 5º PBC

A última noite do 5º Paraná Business Collection (PBC) teve uma mistura de despedida e olhar para o futuro. Neste sábado (19),…

A última noite do 5º Paraná Business Collection (PBC) teve uma mistura de despedida e olhar para o futuro. Neste sábado (19), a premiação da 8ª edição do Prêmio João Turin de Incentivo aos Novos Designers de Moda revelou seu grande vencedor: o jovem Hildo Paulino Fabri Neto. Além disso, subiram à passarela as coleções dos novos talentos da moda paranaense com peças inovadoras, ousadas e cheias de inspiração de quem busca quebrar barreiras no mercado fashion.

Hildo Fabri, vencedor do Prêmio João Turin, teve como inspiração a feira de artesanato que acontece todos os domingos no Largo da Ordem, em Curitiba. Danielly Narimato e Najara Costa e Silva receberam os prêmios de segundo e terceiro lugar, respectivamente.

O tema do concurso deste ano foi “Minha Cidade Vira Moda” e recebeu mais de 170 inscrições de todo estado. Hildo, aluno do curso técnico em estilismo de confecção industrial do Senai/PR, mostrou roupas divertidas e conceituais, que retratam a diversidade da tradicional feira de artesanato. Leia mais sobre o prêmio.

Ideia Mostra

No início da noite, o desfile Ideia Mostra trouxe oito jovens estilistas com suas coleções divididas em dois blocos. A primeira parte dos desfiles foi aberta por Rodrigo Orizzi, que fez o lançamento da sua grife dri.GO. Inspirada no filme Pink Flamingos, de John Waters, Orizzi trouxe uma moda de vanguarda. Em seguida, Alexandre Linhares desfilou a grife Heroína com uma elogiada coleção inspirada em Deus e na criação divina.

O desfile de Marcelo Carraro teve como trilho sonora a nova música de Lady Gaga, Born this way e trouxe uma coleção para a mulher que quer arrasar na pista de dança da balada. Encerrando o primeiro bloco de desfiles, Karina Taques trouxe o conceito de construção e desconstrução do pensamento traduzido em peças que se transformam. No último look do desfile a mudança das peças aconteceu ao vivo. Leia mais sobre os desfiles.

Abrindo o segundo pelotão, Giovanna Baggio desfilou vestidos prontos para as ruas. Mesmo com peças tradicionais, a estilista não deixou a ousadia de lado. Rennan Negrão mostrou uma coleção baseada no movimento com inspirações da coreógrafa Deborah Colker e o artista plástico Peter Jansen. As roupas são utilitárias com bolsos e capuzes sempre inseridos de forma inteligente.

Fabiana Vilatorre trouxe lingeries de luxo em uma coleção inspirada na realeza. Muita renda e cetim em calcinhas e sutiãs luxuosos. Fechando os desfiles dos novos talentos, Francesca Córdova retratou o silêncio e como ele inexiste na sociedade atual. Os comprimentos midi assimétrico e longo, que ela leva à passarela, serão provavelmente os mais vistos na próxima estação. Leia mais sobre os desfiles.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário