i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Moda e beleza

Tem como fazer o cabelo crescer mais rápido? Veja 9 curiosidades

Esqueça as fórmulas mágicas. O crescimento dos cabelos depende de múltiplos fatores – físicos, psicológicos e ambientais

  • PorCarolina Kirchner Furquim, especial para a Gazeta do Povo
  • 11/09/2019 10:00
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock| Foto:

Os blogs de beleza e os sites de busca estão repletos de soluções mágicas para fazer com que os cabelos cresçam em uma velocidade acima da média.

Mas, desconfiar é preciso. Conversamos com a dermatologista Talitha Chaves, que esclareceu alguns pontos importantes – e reais – sobre o crescimento dos fios.

1 – Muitos fatores influenciam na velocidade de crescimento dos cabelos. Idade, tipo dos fios (liso, cacheado, afro), químicas realizadas e condição nutricional da pessoa são alguns deles. Porém, na média, os cabelos crescem entre 0,5cm e 1cm por mês. Portanto, nada de acreditar em produtos milagrosos que prometem 10 centímetros em 30 dias.

2 – Para crescerem a contento, os cabelos também precisam estar saudáveis (haste e fio), não apenas o couro cabeludo.

3 – Traumas como pentes, penteados presos, secador, chapinha e químicas provocam um dano intenso, fazendo com que os cabelos quebrem antes mesmo de conseguir crescer. Quando as mulheres reclamam que não conseguem deixá-los compridos, possivelmente se tratam de fios quebradiços e danificados.

4 – Infelizmente, não há receita pronta para fazer o cabelo crescer. Porém, condutas como cortar as pontas a cada dois meses (retirando assim os cabelos fragmentados), evitar prender ou pentear os fios enquanto estiverem molhados, usar shampoo e condicionador adequados ao tipo de cabelo e aplicar protetor térmico antes de usar secador e chapinha, ajudam no crescimento. Antes de partir para as químicas, também é interessante consultar o médico dermatologista.

5 – A genética tem muita influência sobre os cabelos, tanto em sua estrutura, quanto força e ciclo de crescimento.

6 – Alguns hormônios influenciam e muito nos ciclos de crescimento dos fios. Durante a gravidez, por exemplo, eles crescem continuamente por nove meses seguidos. Depois do parto, dada a baixa hormonal, é muito comum a queda (na mãe e também no bebê).

7 – Estilo de vida faz toda a diferença nesse processo, desde hábitos de prender, passando pela nutrição, suplementação e uso de medicamentos. Uma dieta rica e balanceada é essencial.

8 – Os cabelos são os termômetros do organismo. Os fios costumam “sentir” todo tipo de variação na rotina, além de condições como estresse e ansiedade.

9 – Alguns medicamentos que atuam como complexos de nutrientes para os cabelos podem ser prescritos pelos médicos. Eles ajudam a combater a queda difusa, além de estimular o crescimento de fios mais fortes e resistentes. Não funcionam para alopecia (calvície) e os efeitos só costumam ser aparentes após muitos meses de tratamento contínuo.

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.