Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Atividade física combate o câncer de mama
| Foto:

Com intensidade moderada e realizada em três blocos de 10 minutos todos os dias, as atividades físicas podem reduzir até 20% o risco de desenvolver câncer de mama e de colo do útero, dois dos principais cânceres que atingem as mulheres. No total, as atividades devem somar 150 minutos na semana e precisam levar a um gasto calórico, como uma caminhada ritmada, de 6 a 8 km/h.

A atuação dos exercícios na prevenção acontece principalmente no sistema imunológico, segundo o educador físico Bruno Gion, do setor de revisão continuada da saúde e medicina preventiva do Hospital Albert Einstein. “Um dos fatores de risco dos cânceres é o envelhecimento, e quando envelhecemos, temos uma baixa no sistema imunológico, que fica mais predisposto à mutação de DNA, gerando uma célula neoplásica. O papel do exercício físico é no controle da proliferação dessas células, além da melhora do sistema imunológico”, diz.

Não é possível afirmar, porém, que as atividades físicas são as principais responsáveis pela prevenção da doença. “O câncer é multifatorial e os exercícios não vão combater a genética da doença que corre na família, por exemplo. Mas, podem prevenir que as mutações celulares se proliferem”, afirma Gion.

Exercícios durante o tratamento

Um dos principais efeitos colaterais do tratamento contra o câncer é a fadiga, e nesse caso os exercícios físicos também podem ajudar. Exercícios aeróbicos, como caminhadas e corridas, melhoram o consumo de oxigênio e a disposição, além de atuar no trabalho cardiovascular. Na mesma linha, o educador físico Bruno Gion explica que os exercícios resistidos, de musculação, reduzem o risco de osteoporose, a perda de massa muscular e ajudam no reganho de peso perdido pelo tratamento.

“Se mantiver a prática depois da cura, a chance de o câncer voltar diminui. Os estudos não fecham uma porcentagem, porque depende de como foi o tratamento, mas a redução é grande”, afirma Gion.

Pulmão e próstata também são beneficiados

Prevenções contra câncer de mama e do colo do útero são os temas mais estudados, mas há resultados positivos das atividades físicas contra cânceres de próstata e de pulmão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]