Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 |
| Foto:

Os especialistas do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, fizeram questão de demolir alguns dos principais e mais infundados mitos sobre o câncer:

O câncer só atinge os mais velhos

O câncer afeta pessoas de todas as idades e em diferentes fases de vida, incluindo os mais jovens. Em crianças com idade entre cinco e 14 anos, por exemplo, é a quarta principal causa de morte em países de renda baixa/média.

Mulheres que já tiveram muitos parceiros sexuais estão mais propensas ao câncer de colo do útero

Sexo sem proteção adequada é um fator de risco para contrair inúmeras doenças sexualmente transmissíveis, entre elas o HPV, intimamente relacionado ao câncer de colo do útero. Entretanto, existem pacientes com apenas um parceiro e que também desenvolveram tumores. Não é possível identificar com exatidão todos os fatores que levam ao desenvolvimento da doença.

Tatuagem pode gerar um tumor

As tatuagens não estão relacionadas ao desenvolvimento de tumores. Os desenhos mais escuros podem, em alguns casos, dificultar exames clínicos de diagnóstico como a biópsia, por esconder alguma alteração na pele, por isto é importante ficar de olho em manchas e pintas com crescimento acelerado.

O câncer é hereditário

Muitas pessoas ainda acreditam que o principal fator para o surgimento do câncer é o genético, mas apenas 10% dos tumores têm esta correlação. É importante, portanto, estar sempre atento ao próprio corpo: nódulos e feridas que persistem por muito tempo, e não existiam antes, podem indicar algum problema de saúde. Nesse caso, a visita ao médico não deve ser adiada.

O uso constante do celular e micro-ondas são fatores de risco para o câncer

A taxa de radiação emitida pelo celular e o micro-ondas é baixa e não há nenhum estudo cientificamente comprovado que relacione essa radiação ionizante ao desenvolvimento de tumores.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]