(Foto: Bigstock)
(Foto: Bigstock)| Foto:

Dormir de costas, especialmente no último trimestre da gravidez, está associado a um aumento no risco de morte fetal, de acordo com estudo divulgado pela revista científica British Journal of Obstetrics and Gynaecology, publicado nesta segunda-feira (20). Para chegar a esse resultado, foram entrevistadas cerca de mil gestantes sobre os hábitos de dormir, sendo que 291 tiveram morte fetal depois da 28ª semana de gestação e 733 mulheres tiveram uma gestação saudável.

Dos resultados, o estudo sugere que 3,7% das mortes fetais, depois da 28ª semana, estejam ligados com a forma como a mãe escolhe dormir. E os pesquisadores reforçam que a posição “de lado” seja a mais indicada nesse período da gestação.

Mesmo que a mãe não tenha controle sobre a posição durante toda a noite, a recomendação dos estudiosos é para que ela, ao menos, comece dormindo de lado – em qualquer momento de sono, seja à noite ou em uma soneca durante o dia.

Outro aspecto relevante do estudo mostra que mulheres que levantavam à noite para ir ao banheiro ou cozinha, uma ou mais vezes, tinham o risco reduzido. Os resultados não foram afetados pelo tamanho do bebê, duração da gestação ou pelo peso da mãe.

Por que dormir de costas afeta a saúde do bebê?

Embora os pesquisadores não tenham claro por que dormir de costas pode ser negativo à saúde do bebê, a associação entre a posição e a morte fetal é biologicamente plausível. Dormir de costas faz com que o peso do bebê e do útero pressionem os vasos sanguíneos, o que afetaria o retorno sanguíneo e a oxigenação fetal.

A associação já foi feita por outros estudos. “Dormir de costas é reconhecido como causa de anormalidades na frequência cardíaca fetal durante o parto, e as recomendações do National Institute for Health and Care Excellence são para que a posição de dormir de costas seja evitada”, alerta os pesquisadores.

Posições saudáveis

O site Health Ambition listou as posições mais seguras para dormir — não só para gestantes. Dormir de lado e de costas (uma das posições mais comuns adotadas pela população, de acordo com o site) é uma das melhores para a saúde, por não sobrecarregar os órgãos. Já dormir de bruços ou em posição fetal é danoso para a saúde, pois irrita nervos e músculos.

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]