Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Aftas em crianças podem ser sinal de estomatites

A infecção é bastante corriqueira nas crianças, provoca feridas na boca e garganta e causa dores e desconforto

Entre as palavras que estão presentes nos vocabulários desde a primeira infância está afta. É nessa fase da vida que praticamente todas as pessoas são infectadas pelo herpes simples tipo 1 (HSV-1), vírus que causa a estomatite e fica permanentemente no corpo humano. A doença também pode ser causada pelo vírus coxsackie, sendo comum a infecção nas crianças quando a imunidade está baixa.

Altamente contagiosa, a principal forma de transmissão da estomatite é pelo contato direto. “Quando uma criança pega objetos como chupeta e brinquedos de outra que esteja infectada, ou através do beijo de pessoas que tenham o vírus, ocorre a transmissão”, explica Tony Tannous Tahan, infectologista pediatra no Hospital de Clínicas (HC) de Curitiba e membro do comitê de infectologia da Sociedade Paranaense de Pediatria (SPP).

O médico destaca que a estomatite é caracterizada pelo aparecimento das aftas, feridas pequenas, entre 1 e 5 milímetros, que podem ter tonalidades acinzentadas ou amareladas no centro e avermelhadas nas extremidades. “O primeiro sintoma na criança é a febre, seguida do surgimento das lesões na boca e lábios”, relata Tony. A criança também apresenta mais saliva que o normal, passa a ter um hálito forte e não consegue engolir devido à dor. Quando infectada, a criança precisa ter auxílio constante.

<<<Fuja do herpes zoster>>>

<<<Dez alterações que a boca revela>>>

Previna – A higiene da boca desde os primeiros meses de vida, com limpeza da região da gengiva e língua com algodão ou algum tecido e a escovação sempre após a alimentação em que crianças que já têm dentes são fundamentais para prevenir o aparecimento da estomatite e da afta. Pais, em casa, e educadores e monitores em creches ou escolas, também precisam ter cuidados específicos com a higiene, principalmente das mãos e boca.

Recomendações – Tony Tahan indica que assim que os pais identificarem as aftas e demais sintomas da estomatite, a criança deve ser levada ao pediatra. O médico fará o atendimento adequado e receitará a medicação correta. É importante ressaltar ainda que, se não tratada, a estomatite pode desencadear outras doenças. Em estado avançado a doença causa grande desconforto e dores nos pacientes.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário