Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
(Foto: VisualHunt)
(Foto: VisualHunt)| Foto:

Comprar fraldas, acordar de madrugada para amamentar, levar ao pediatra com frequência e ficar atento ao desenvolvimento do bebê são preocupações comuns a todos os pais. Além de todos esses detalhes, os pais de bebês com Síndrome de Down precisam ficar atentos a outras questões de saúde, principalmente no primeiro mês. Confira as sugestões da Academia norte-americana de Pediatria aos pais, especialmente aos de primeira viagem:

Amamentação

Bebês com síndrome de Down, muitas vezes, têm baixo controle muscular, o que torna a amamentação um pouco mais difícil. Por isso, os pais devem ficar atentos aos momentos de amamentação para evitar engasgo e perceber o ganho de peso. A amamentação materna é bastante incentivada, mas a mãe deve manter o bebê sempre alerta e acordado nesses momentos.

Coração

Fique atento se a respiração do bebê é muito acelerada ou se ele apresenta sinais de cianose, quando os lábios ficam roxos, devido à falta de respiração. Esses sintomas podem indicar algum problema no coração. Faça exame de ecocardiograma para verificar a saúde do coração do bebê.

LEIA TAMBÉM:

<<>>

<<>>

<<>>

Audição e visão

O risco de problemas de visão e audição é maior em bebês com síndrome de Down. Leve-o sempre aos especialistas, otorrinolaringologista e oftalmologista, para acompanhar o desenvolvimento sensorial da criança.

Tireoide

Os níveis dos hormônios da tireoide podem estar muito baixos no recém-nascido, mas podem ser verificados através de um exame de TSH. Faça um exame de sangue.

Infecções

O risco de infecções, especialmente respiratórias, é grande em bebês com síndrome de Down, e portanto devem se manter afastado de irmãos que estejam com gripe, por exemplo, até passar a doença.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]