Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Hiipa: como transformar hábitos do dia a dia em exercícios de alta intensidade

Desde que acelere a frequência cardíaca e seja mantido por dois a cinco minutos, o Hiipa pode contribuir com a saúde e até emagrecer

Hippa: como incorporar exercícios no dia a diaHippa: como incorporar exercícios no dia a dia (Foto: Bigstock)

Todas as pessoas, estejam elas inscritas em uma academia de ginástica ou não, fazem algum tipo exercício físico no dia a dia. Seja ao correr até o ponto de ônibus para não perder a condução, seja ao carregar as sacolas de compras pesadas de uma só vez entre o carro e a casa, há vários movimentos praticados na rotina que não são levados em consideração em um cálculo de exercício diário, mas que deveriam ser assim “contabilizados”.

Pois essas atitudes rotineiras agora fazem parte de uma modalidade de exercícios de academias, chamada de HIIPA, sigla que brinca com o termo HIIT, e que está na moda. HIIPA significa “high-intensity incidental physical activity“, ou uma atividade física esporádica de alta intensidade. Não são movimentos feitos de forma consciente pelo praticante, mas que trazem impactos positivos para a saúde — ainda que feitos só de vez em quando.

>>> Crossfit, Hiit e spinning: só para quem está totalmente saudável e com liberação médica

“Quando a pessoa carrega essa sobrecarga [como as sacolas de compras com caixas de leite, por exemplo], ou sobe alguns lances de escada mais rapidamente, ela percebe um aumento na frequência cardíaca, uma transpiração maior”, explica Felipe Kutianski, professor de educação física e consultor da Brief Effort Club.

A partir do momento que as pessoas percebem que já fazem movimentos importantes para a saúde no dia a dia, adotar uma prática mais ativa e deixar o sedentarismo para trás pode não ser um passo tão complicado.

“Todo o momento do ‘começar’ uma atividade física envolve uma mudança na rotina que pode se tornar cansativa, problemática e até cara demais para algumas pessoas. Mas hoje é possível calcular as calorias que a pessoa gasta ao subir uma escada, ir ao mercado, e isso facilita a percepção de uma vida fisicamente ativa”, diz Felipe Kutianski, professor de educação física.

Para ser um autêntico HIIPA, no entanto, o professor explica alguns condicionantes: a frequência cardíaca deve estar elevada acima do nível de repouso e o tempo que essa atividade deve ser realizada deve estar entre dois a cinco minutos. Não adianta nada alterar a frequência por apenas poucos segundos.

“Essas atitudes diárias parecem muito pequenas e insignificantes, mas dentro da realidade atual a pessoa que caminha duas quadras antes de ir para a academia ou vai a pé ao trabalho é um divisor de águas. Dependendo da pessoa, se é um idoso, carregar um carrinho cheio no mercado já pode ser um exercício”, completa Kutianski.

Emagrece?

Embora o objetivo principal do HIIPA seja estimular as pessoas a deixarem o sedentarismo de lado, a modalidade também pode ajudar a emagrecer. Isso porque, conforme explica Silmara Hammerschmidt, educadora física e personal trainer do Clube Curitibano, a modalidade colabora no aumento do gasto calórico.

“Contribui para que o corpo fique mais ágil e eficiente no desempenho das atividades diárias de vida. Melhora também a utilização do tempo. Por exemplo: muitas pessoas moram a poucas quadras da academia onde treinam, mas acabam indo de carro, chegam na academia e vão para a esteira. Seria muito mais interessante deslocar-se a pé até a academia e deixar o carro em casa”, exemplifica a especialista.

Além disso, praticar o HIIPA não exige nenhum investimento financeiro, visto que são movimentos já praticados pelas pessoas.

Embora os riscos de lesões sejam baixos, segundo Silmara, é importante manter em dia os exames médicos e ficar atento a algumas áreas do corpo, como ombro (pelo carregamento de peso, como as sacolas) e coluna (quando for pegar objetos pesados do chão).

“É importante manter uma  postura adequada durante a realização dessas atividades. Como personal, observo que as pessoas acabam realizando essas atividades de maneira incorreta e por tempo muito prolongado. Isso pode ocasionar dores intensas nos músculos, nas articulações e também provocar lesões”, explica.

Alerta: “O indivíduo sempre precisa respeitar sua condição. Não adianta ser sedentário e decidir correr pra chegar ao supermercado e levar seu corpo a um esforço ao qual não está acostumado. Essas mudanças tem que ocorrer aos poucos, o corpo precisa se habituar ao novo estilo de vida”, lembra a especialista.

Como incorporar o Hiipa no dia a dia?

Vá a pé para a academia. Se você mora perto, para que ir de carro? Programe-se para deixar o carro em casa e coloque as pernas para movimentar.

Escolha sempre a escada. Principalmente quando tiver tempo, use as escadas de prédios, shoppings, mercados, onde for. Deixe o elevador apenas para emergências.

Leve na mão. Nem sempre você precisa levar o carrinho do mercado até o carro, ou do carro até em casa. Bote o braço para jogo e carregue as compras sozinho.

Limpe a casa. Sua casa está precisando de uma boa faxina? Não fique com desculpas e coloque esforço na limpeza.

Corra com os animais de estimação e filhos. Crianças adoram brincadeiras agitadas, como correr pelo quintal ou pular na cama elástica. Junte-se a elas! Se preferir, leve o animal de estimação para correr pelo parque e vá atrás dele.

Reformas em casa. Quem já pintou uma parede sabe bem o esforço que os pinceis e adaptadores podem exigir. Quem sabe esteja na hora de pintar aquele cômodo que está te incomodando?

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário