Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Os 7 maiores benefícios de emagrecer na terceira idade

O pico de peso na vida de um indivíduo é atingido aos 65 anos de idade, mas não é bom recorrer a dietas rigorosas

Para perder peso na terceira idade, combine rotina de alimentação equilibrada e exercícios físicos regulares. Foto: Bigstock.Para perder peso na terceira idade, combine rotina de alimentação equilibrada e exercícios físicos regulares. Foto: Bigstock.

A partir dos 30 anos, o metabolismo começa a desacelerar. Os sinais do envelhecimento são sutis e ganham força anos mais tarde. Fica mais fácil engordar. Emagrecer, nem tanto.

O pico de peso na vida de um indivíduo é atingido aos 65 anos de idade, diz a endocrinologista Daniele Zaninelli. Depois disso, a tendência é que os números da balança se estabilizem.

Mesmo assim, é preciso ter cuidado. Além de piorar dores no corpo, principalmente nas articulações, o excesso de peso aumenta a incidência de doenças cardiovasculares, diabete e pressão alta.

>> Assine nossa newsletter e tenha informações exclusivas!

“As pessoas mais suscetíveis a essas doenças são aquelas que engordaram na juventude”, diz Daniele. Mas como perder peso na terceira idade? A fórmula não é segredo: combinar rotina de alimentação equilibrada e exercícios físicos regulares.

IMCs diferentes
O índice de massa corporal avalia se o peso do indivíduo está de acordo com a altura. Nos adultos, o número considerado saudável vai de 18,5 a 24,99. Acima disso, o número indica que está acima do peso. Pessoas com mais de 60 anos, entretanto, podem ter IMC entre 22 e 27.

Esqueça as dietas

Emagrecer muito num curto período de tempo pode ser perigoso. Vivian Ellinger, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, explica que as “dietas artificiais” forçam hábitos alimentares que não podem ser mantidos no cotidiano.

Casal fazendo flexões

A perda de massa muscular se acentua em idosos, mas pode ser revertida em qualquer idade. Foto: Bigstock.

Perdas rápidas de peso podem causar desidratação súbita e sarcopenia, relacionada à perda de massa muscular e força na terceira idade.

>>> Por que as vacinas dão reações adversas em algumas pessoas?

A dica é observar seus hábitos: mantenha um diário alimentar com tudo o que for consumido durante o dia. Ao fim de uma semana, tenha um panorama do que pode ser retirado ou adicionado às refeições.

Fazer 150 minutos de atividades físicas moderadas por semana, o que dá uma média de 30 minutos por dia, também é recomendável. “Uma caminhada é suficiente, mas associar o exercício aeróbico com a musculação ou a hidroginástica é o ideal”, explica Daniele.

7 benefícios no organismo ao emagrecer:

Coração: diminuição do risco do enfarte e morte por insuficiência cardíaca.

Fígado: menor risco de esteatose hepática (gordura no fígado), que é associada a derrames e enfartes.

Estômago: melhora de refluxo e menor chance de adquirir câncer de intestino.

Pulmões: prevenção de doenças pulmonares e melhora da apneia do sono (três vezes mais forte no idoso).

Articulações: maior mobilidade corporal; melhora da artrose e reumatismo.

Cérebro: melhora cognitiva e redução do risco de AVC.

Rins: diminuição do risco de arteriosclerose, controla melhor a diabete.

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário