i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde e Bem-Estar

4 exercícios para a gravidez e depois dela

Caminhada, pilates, natação e hidroginástica são exercícios permitidos para antes e depois do parto

  • PorMaria Iubel e Flávia Alves
  • 23/12/2015 06:00
4 exercícios para a gravidez e depois dela
| Foto:

Escolher um exercício para ser feito durante a gravidez depende do tipo de atividade, da evolução da gestação e do histórico da mulher. Esportes coletivos e de contato devem ser evitados, bem como os que têm risco de queda e impacto. Os mais indicados são caminhada, pilates, natação e hidroginástica. Se a gravidez não é de risco e a gestante está habituada a praticar esportes, pode continuar, desde que com uma intensidade mais leve.

Hidroginástica ainda é a opção mais escolhida, por ser uma atividade de menor impacto e com séries adaptáveis ao momento vivido por elas. A água alivia o impacto e o peso extra. “Exercícios resistidos de intensidade leve à moderada podem promover melhoria na resistência e flexibilidade muscular, sem risco de lesões e complicações na gestação”, diz o educador físico José Henrique Paula da Motta, da Corpus Academia.

Pilates
Como as variações do pilates (solo e aparelho) envolvem, muitas vezes, movimentos complexos e auxílio de equipamentos, a professora de educação física e instrutora Barbara Helena Api, do Studio de Pilates explica que deve haver adaptação para que o exercício não machuque. “Deve ser observada a fase da gestação e a alteração de equilíbrio da gestante. Exercícios realizados em decúbito ventral (barriga para baixo) e lateral devem ser evitados e é importante verificar o conforto e relaxamento para a execução dos movimentos”, diz.

Articulações
A gestante deve se lembrar de usar roupas confortáveis, tênis específicos e, se for o caso, proteger as articulações. Carregue um filtro solar e mantenha-se sempre hidratada.

A regra é se mexer!

Gravidez não é motivo para o sedentarismo, veja o que pode fazer durante e após o parto:

PILATES
Evita dores lombares e fortalece o músculo das costas.

HIDROGINÁSTICA
Apresenta menos impacto na hora de realizar os movimentos, evitando dores nas articulações.

CAMINHADA
Ajuda a perder peso sem sobrecarregar as articulações.

MUSCULAÇÃO
Sem exageros, fortalece os músculos e diminui a dor nas costas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.