Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Testes de farmácia não precisam ser feitos com a primeira urina do dia e os de laboratório não precisam ser em jejum (Foto: Bigstock)
Testes de farmácia não precisam ser feitos com a primeira urina do dia e os de laboratório não precisam ser em jejum (Foto: Bigstock)| Foto:

Das dúvidas mais comuns de quem busca o exame de laboratório para detectar uma gravidez, o período certo para fazer a coleta do sangue costuma ser a mais frequente.

Conter a ansiedade neste momento pode ser difícil, mas nem sempre um resultado negativo significa a ausência de um bebê.

Confira alguns dos mitos e verdades mais comuns para os exames de gravidez feitos em laboratório, de acordo com informações do bioquímico Marcos Kozlowski.

Preciso fazer jejum antes do exame?

Não. O jejum era indicado apenas a exames que poderiam sofrer alteração com a alimentação, como por exemplo o do colesterol e os triglicérides. E nem eles precisam dessa pausa nas refeições, conforme consenso divulgado por diferentes entidades médicas brasileiras, como a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial.

O exame pode dar positivo e eu não estar grávida?

Sim. Existe um tipo de câncer que, embora raro, pode se desenvolver em células embrionárias, como ovários e intestinos. Se o exame der positivo, mas não houver nem o desenvolvimento da placenta, nem a fixação do embrião no útero, é importante buscar o médico.

Mesmo se o exame der negativo, eu posso estar grávida?

Sim. Um erro comum dos pacientes, de acordo com o bioquímico, é fazer o exame muito cedo. Para que o exame capte o hormônio betaHCG, cujo aumento configura uma gestação, é preciso que o organismo da mulher tenha desenvolvido a placenta e que o embrião esteja fixado no útero. Mas, esse processo todo pode levar mais tempo para umas do que para outras. Para uma, sete dias são suficientes, enquanto para outra pode levar 15 dias.

“Se a mulher tem uma relação e dois dias depois faz o exame, ela pode estar grávida, mas é provável que dê negativo. A orientação é para esperar de cinco a sete dias e refazer o exame, especialmente se houver atraso menstrual. Nesse meio tempo, ou a menstruação desce ou o exame dará positivo.”

Se o resultado der uma dosagem muito alta de betaHCG, significa que estou grávida de gêmeos?

Não. Embora o hormônio seja produzido a partir da formação da placenta e da implantação do embrião no útero – e um número maior de embriões poderiam indicar um valor maior no betaHCG, uma coisa não está relacionada a outra. Se forem gêmeos, o valor do betaHCG pode subir mais rápido, mas mesmo se não forem esse fenômeno também pode acontecer.

LEIA TAMBÉM

>>> Rapaz faz teste de gravidez e descobre câncer raro; veja como isso é possível

>>> Cachorros ajudam mulheres a manterem saúde durante gestação

>>> Beber álcool durante gestação, mesmo em poucas doses, pode alterar rosto do bebê

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]