Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Não tomar café e jantar tarde aumentam chance de morte entre infartados

As pessoas que tinham dieta irregular apresentaram um aumento de até cinco vezes nas chances de morrer após sofrer um infarto

Um bom hábito para viver mais depois de um infarto é tomar o café da manhã como um rei. Foto: Bigstock.Um bom hábito para viver mais depois de um infarto é tomar o café da manhã como um rei. Foto: Bigstock.

Jantar muito tarde, perto da hora de dormir, e não tomar café da manhã, são hábitos ruins que aumentam a chance de morrer após um ataque cardíaco, é o que afirma um estudo feito por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A pesquisa investigou 113 pacientes vítimas de infarto, durante um ano, acerca de seus hábitos alimentares. Segundo os dados divulgados, as pessoas que tinham dieta irregular apresentaram um aumento de até cinco vezes nas chances de morrer após sofrer um infarto, além disso o risco de outro ataque cardíaco também é maior nesse caso.

>>Por que dormimos melhor no frio?

A dieta irregular está associada a diversos males, em outros estudos, aparece relacionada a aumento do risco de obesidade, resistência à insulina e doença cardiovascular, diz o professor da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB-Unesp) e orientador da pesquisa Marcos Ferreira Minicucci.

“O resultado desta pesquisa deixou bastante clara a associação entre comportamentos alimentares pouco saudáveis e desfechos cardiovasculares”, acrescenta.

Segundo Minicucci, ainda não há uma explicação, sobre o por quê de os hábitos de tomar café da manhã e de jantar horas antes de dormir serem positivos. O que se interpreta é que quem tem um hábito saudável também tem outros, ou seja, se toma café é porque levanta cedo e o mesmo acontece sobre a hora de se deitar.

A pesquisa mostra que quem tem um hábito saudável também tem outros, ou seja, se toma café é porque levanta cedo e o mesmo acontece sobre a hora de se deitar.. Fotos: Bigstock.

“A dieta balanceada e as horas corretas de sono permitem que o organismo trabalhe de forma adequada”, diz.

O estudo envolveu pacientes vítimas de ataque cardíaco grave, chamado infarto do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST (STEMI). Foram avaliados 113 pacientes, entre homens e mulheres, sendo 73% do sexo masculino, durante o período de agosto de 2017 a agosto de 2018.

A pesquisa também apontou que, entre os que morreram após a internação por infarto, 58% não tomavam o café da manhã, 51% jantavam tarde e 41% adotavam os dois hábitos combinados.

Os pacientes que participaram da pesquisa estavam em atendimento na Unidade de Terapia Intensiva Coronariana (UTI-UCO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HC-FMB).

Diante do resultado, o orientador da pesquisa, Marcos Ferreira Minicucci, recomenda, em especial aos pacientes vítima de infarto, jantar pelo menos 2 horas antes de dormir.

Ele acrescenta ainda que “um bom hábito para viver mais depois de um infarto é tomar o café da manhã como um rei”. Segundo o médico um bom café da manhã é aquele composto de laticínios, carboidrato, cereais integrais, e frutas. “Deve fornecer de 15% a 35% do total de calorias que precisamos por dia”, explica.

Um jantar balanceado e um café da manhã reforçado estão relacionados a outros bons hábitos, e garante o funcionamento correto de todo o organismo, assim podem render alguns anos de vida a mais aos pacientes de infarto, bem como evitar um novo ataque.

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário