Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Na gravidez, algumas substâncias de produtos de beleza são proibidas

Cânfora, ácido retinoico e ureia são alguns elementos que podem causar danos à gestação

Algumas substâncias podem atravessar a pele e placenta, atingindo o bebê. Foto: Bigstock.Algumas substâncias podem atravessar a pele e placenta, atingindo o bebê. Foto: Bigstock.

Quando a mulher engravida, muitas dúvidas vêm à cabeça. Pintar os cabelos, fazer depilação, passar por tratamentos estéticos e ir à sauna são algumas das questões principais.

Além disso, segundo a dermatologista Cyntia Coot, há substâncias terminantemente proibidas durante este período e que devem ser evitados até o fim da gestação e somente podem ser utilizadas depois após orientação do seu médico.

Como alterações na circulação  sanguínea fazem  a pele absorver mais facilmente  algumas substâncias durante esse período, algumas delas, que atravessam pele e placenta, podem atingir o bebê e ser tóxicas ou causar malformações.

O ideal é evitar misturar substâncias ou buscar fórmulas mágicas da internet, não se automedicar e buscar sempre orientação do obstetra ou dermatologista.

Confira as informações das especialistas do que pode ou não ser feito:

Pintar os cabelos
Não é aconselhável, mas alguns obstetras liberam o uso de tinturas após os três primeiros meses, quando o risco de malformação é reduzido.

Tratar as madeixas
Aqueles químicos com compostos de formol ou chumbo (escovas progressivas, outros alisamentos e permanentes), são totalmente proibidos.

>> De A a U: os 30 superalimentos que devem ser incluídos na sua alimentação

Depilar 
Os métodos tradicionais – cera fria ou quente, gilete ou aparelhos elétricos – podem ser mantidos, mas recomenda-se não reduzir demais os pelos da região genital, pois eles são uma forma de proteção. O laser está proibido durante a gravidez.

Realizar drenagem linfática
Ela não é apenas permitida, mas até mesmo indicada durante a gestação, pois é útil para auxiliar no controle da retenção hídrica (edema). O ideal é que as sessões – de uma a três vezes na semana – comecem já no quinto mês de gravidez. Consulte seu médico antes.

Fazer sauna e hidromassagem
Nos três primeiros meses evite expor-se às altas temperaturas da sauna e banheiras ou ofurôs, pelo risco de causarem malformações. Nos meses seguintes há o risco de a pressão arterial baixar e ocasionar quedas.

Passar por tratamentos estéticos
Como não existe segurança a respeito de tratamentos estéticos com substâncias químicas ou com ações físicas, deve-se evitar o uso de correntes, crioterapias e outros  métodos.

Usar batom e rímel
Esta dupla é a melhor escolha que uma grávida pode fazer. Tirando eles, evite produtos que possam obstruir os poros e causar acne ou alergias.

>> Bebê nasce com mancha rara no rosto e mãe faz apelo contra preconceito

Substâncias proibidas

Cânfora
Presente em produtos para celulite, esmalte, loção para pernas cansadas. Pode ser abortivo e tóxico ao bebê.

Ácido retinóico, adapaleno, isotretinoína
Contidos em produtos anti-acne. Podem causar malformação do feto.

Ureia

Presente em hidratantes. Pode irritar e aumentar a penetração de outras substâncias.

Benzofenona-3, octilmetoxicinamato e metilbenzilidenocanfora
Encontrados em alguns fotoprotetores, também devem ser evitados.

 

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário