Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Quarta morte por sarampo é confirmada no Brasil; vítima é bebê de sete meses em Pernambuco

O bebê, de sete meses, morreu em meados de agosto; em todo o país são 2,3 mil casos confirmados de sarampo até o fim de agosto

Primeira morte confirmada por sarampo em Pernambuco é de um bebê de sete mesesPrimeira morte confirmada por sarampo em Pernambuco é de um bebê de sete meses. Foto: Bigstock.

Um bebê de sete meses do sexo masculino foi a quarta vítima fatal do sarampo no Brasil. Morador da cidade de Taquaritinga do Norte, região do Agreste de Pernambuco, a criança morreu em meados de agosto, mas a suspeita de que a causa da morte teria sido o sarampo foi confirmada no início de setembro por análise laboratorial.

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco alerta, em nota encaminhada ao Viver Bem, que dos 395 casos suspeitos de sarampo no estado, há 13 confirmados, que se localizam em Recife, Caruaru, Frei Miguelinho, Santa Cruz do Capibaribe e Taquaritinga do Norte.

São Paulo continua como o estado com o maior número de casos no país. Conforme dados do Ministério da Saúde, o estado têm 2,2 mil casos confirmados. No último mês, um homem de 42 anos e dois bebês, de 9 e 4 meses, foram vítimas da doença.

>> Por que o sarampo voltou depois de anos “extinto”? A culpa está em quem não se vacinou

O homem não havia sido vacinado. A criança de nove meses foi infectada antes de se vacinar, e o bebê de quatro meses não estava na faixa etária indicada para a imunização. Em todo o Brasil, até o fim de agosto, haviam sido identificados 2,3 mil diagnósticos da doença.

Riscos do sarampo

Causado por um vírus e altamente transmissível, o sarampo não deve ser confundindo por catapora ou varicela – outras doenças virais, com sintomas parecidos. Além de o risco de letalidade e sequelas ser maior, o sarampo tem características próprias.

Confira abaixo algumas das dúvidas mais comuns relacionadas ao sarampo:

Quais sintomas do sarampo? De acordo com dados do Ministério da Saúde, os principais sintomas do sarampo são:

Febre acompanhada de tosse;

Irritação nos olhos;

Nariz escorrendo ou entupido;

Mal-estar intenso;

Manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas tendem a surgir entre três a cinco dias depois dos sintomas acima;

Manchas vermelhas que, do rosto, espalham-se pelo corpo;

Atenção: o sarampo é transmitido por tosse, espirro ou saliva. 

Sarampo tem tratamento? Não há tratamento para o sarampo, tendo que esperar a evolução da própria doença. Mas há prevenção, através das vacinas tríplice viral, tetra viral e dupla viral (que protege apenas contra sarampo e rubéola).

As vacinas estão disponíveis nas unidades públicas de saúde e em clínicas privadas de vacinação.

>> Devo me vacinar contra o sarampo? Depende da sua idade e da sua carteirinha de vacinação

Quais as consequências do sarampo? As consequências da doença variam conforme a idade, mas em todo caso são condições importantes e que chamam atenção das autoridades em saúde.

Entre as crianças:

Pneumonia;
Otite média aguda;
Encefalite aguda;
Morte.

Entre os adultos:

Pneumonia.

Entre as gestantes não vacinadas previamente:

Parto prematuro e bebê pode nascer com peso baixo.

>> Adultos precisam se vacinar contra o sarampo?

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário