Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Já se torrou? Veja o que fazer!

Cremes oleosos, sprays e produtos com benzocaína devem ser evitados, pois impedem que o calor seja liberado e podem causar irritações ou reações alérgicas

(Foto: Giphy)

Para cuidar da pele queimada de sol, não vale tudo! Sabonete, só se servir como hidratante. Do contrário, deixará a pele irritada e mais ressacada. Produtos esfoliantes e água que não esteja na temperatura fria estão proibidos. Confira os principais cuidados na hora de tratar da pele queimada do sol, com informações da médica dermatologista Ligia Colucci, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Academia Americana de Dermatologia.

Leia mais

10 mandamentos no uso de tecnologia pelas crianças

Como escolher um cirurgião plástico?

Tem dúvidas sobre estresse crônico? Venha ao Papo Saúde 

Me queimei, e agora?

A queimadura do sol passa por vários estágios, que vão da vermelhidão para a formação de bolhas, escamação e descamação. É comum que a coceira e a sensibilidade no local persistam por algumas semanas. Tome o cuidado de não estourar as bolhas e usar compressas de água gelada, com toalhas macias ou gazes, que ajudam a baixar a temperatura corporal.

Alimentação ajuda!

Tome bastante água gelada, sucos naturais e água de coco. As bebidas vão combater a desidratação causada pela exposição excessiva ao sol. Se sentir cansaço e dores, repouse e tente não se esforçar.

Cuidado com a febre

Se a dor persistir e entrar em estado febril, procure um médico, que indicará o uso de medicamentos que aliviam o problema.

Posso passar cremes hidratantes?

Uma alternativa para aliviar a dor é colocar o creme na geladeira por alguns minutos antes de fazer a aplicação. Passe o hidratante sempre depois do banho frio, enquanto a pele estiver úmida. Assim, ela absorve melhor os princípios ativos dos cremes. Existem loções restauradoras que também ajudam, bem como água termal, que colabora na cicatrização e na dor da pele. Durante o banho, aplique óleo de banho para trazer a sensação de frescor, caso a pele não tenha bolhas.

Evite!

É preciso ter muito cuidado para não agravar a situação. Como a pele está quente e vermelha, é melhor evitar água quente, esponjas e qualquer tipo de esfoliante. Não passe produtos oleosos na pele, porque impedem que o calor e suor sejam liberados, e podem agravar a queimadura. Evite também sprays e produtos para queimaduras que contenham benzocaína, que podem causar irritação e reações alérgicas.

O que fazer com as bolhas?

Nunca as estoure e quando elas estourarem sozinhas, jamais puxe a pele, pois pode feri-la. As bolhas protegem a pele nova e sensível que ainda vai amadurecer.

Começou a descascar!

Quando começar a descascar, passe hidratantes à base de água ou aloe vera e água termal para aliviar a coceira. Loções à base de calamina podem ser usadas também, porém muitas contêm cânfora. Essa substância só pode ser usada em crianças maiores de dois anos de idade.

Crianças: cuidado especial

As crianças se queimam mais rápido e com mais facilidade que os adultos, pois tem a pele mais fina e delicada. A superfície exposta na criança também é maior, por isso a recomendação de que as crianças usem roupas com fator de proteção solar ao invés de apenas biquini e calção de banho.

Se seu filho se queimar, leve ao médico caso:

– Crie bolhas nas primeiras 24 horas;

– Estiver com mãos e rosto inchados;

– Tiver sinais de infecção na pele, com pus ou linhas vermelhas;

– Tiver febre ou calafrios;

– Sentir mal-estar, com vômito ou desmaio.

Atenção: os efeitos da queimadura podem se agravar um ou mesmo dois dias depois da exposição ao sol.

Medicamentos podem manchar a pele!

Existem medicamentos que em uso e associado com exposição solar a pele pode escurecer, como alguns quimioterápicos, e cloroquina e hidroxicloroquina para tratamento de algumas doenças reumatológicas.

Outros medicamentos podem levar a uma fotosensbilidade, quando associados à exposição solar. Por exemplo, estão os anticoncepcionais, anti-histamínicos a base de benzofenona, e prometazina, antibióticos a base de eritromicina, antiarrítimicos cardíacos e antidiabéticos. Converse com seu médico!

8 recomendações para você

Deixe seu comentário