i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde e Bem-Estar

Correr em grupo é mais benéfico à saúde

No dia 12 de outubro acontece a Corrida do Povo no Parque Barigui, a hora certa para mostrar que a atividade física ao lado de um amigo afasta a tentação de desistir

  • PorAmanda Milléo
  • [09/10/2013] [21:18]
Correr em grupo é mais benéfico à saúde
| Foto:

Não é preciso ter habilidades específicas para começar a correr na rua. A facilidade em praticar a qualquer momento e lugar tem atraído mais pessoas para a modalidade, realizada muitas vezes em grupos. Para os especialistas, correr com amigos tende a ser mais benéfico que sozinho, pois cria laços de amizade, mantém a perseverança e gera uma competição saudável.

No dia 12 de outubro, a Corrida do Povo Revezamento Solidário 2013 irá por em prática esses conceitos, a sinergia positiva de corredores que competirão em duas, quatro ou oito pessoas. A prova é noturna e organizada pela Gazeta do Povo em parceria com a Thomé & Santos Eventos Esportivos no Parque Barigui, em Curitiba.

Planejar uma corrida a partir do desempenho de cada corredor, ou competir com um parceiro – tentando alcançar quem está a sua frente, acelerando o ritmo, percebendo que é possível ultrapassá-lo e, em alguns segundos, conseguir – são aspectos que motivam. O incentivo que o outro gera durante a corrida é, segundo o diretor técnico da assessoria de corrida Assessocor, Edson Bortolaci, um dos principais benefícios ao correr em grupo e competitivamente. “Você é estimulado pela outra pessoa. Se for um amigo, a motivação é ainda maior”, diz. Para Bortolaci, a competição é natural do ser humano, mas não adianta praticar com quem está em um ritmo mais, ou menos, acelerado que você. “O melhor é correr com quem está no mesmo nível. Se estiver com um iniciante, a pessoa vai alternar a corrida com caminhadas, e para quem está com uma condição física mais elevada, é monótono ficar parando a todo tempo”, explica.

Por outro lado, para quem está começando, ficar próximo de pessoas mais preparadas eleva o treinamento. “Prefiro correr sempre com outras pessoas, porque quando é alguém mais avançado, o ritmo aumenta e me motiva. Se é com pessoas novas na corrida, sou eu quem as incentivo. O treino é sempre melhor quando é em grupo”, relata a psicóloga Barbara Olsen, que começou a correr em 2010, e toda semana pratica a atividade com diversas pessoas, com velocidades diferentes.

Cultivando amizades

Buscar quem realmente gosta de correr e não faz apenas por atividade física também contribui com a prática nas ruas. “Correr é uma atividade monótona e muita gente não gosta de correr na rua, prefere as esteiras, com a tevê na frente. O melhor é buscar o grupo que goste de correr. E não há um número ideal para isso”, explica o professor doutor em fisiologia e revisor científico da Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, Alberto Inácio da Silva.

Reunidos em oito, os amigos do engenheiro florestal Ronaldo Gnypek costumam correr juntos em competições e consideram a experiência em grupo muito melhor que sozinhos. “Nossa ideia é unir o pessoal e se divertir em volta de algo saudável, independentemente do tempo de prática que cada um tem. Na nossa equipe temos quem corre há algum tempo, gente que começou há pouco, mas todos faziam algum tipo de atividade física”, conta. Ronaldo e os amigos participarão da Corrida do Povo na modalidade de octetos.

Correr à noite

Quando bem ambientado, o organismo pode ter uma resposta melhor para praticar a corrida durante a noite em relação ao dia. “Pela manhã a temperatura é maior e a pessoa sente mais sede, mais cansaço. À noite é mais agradável, com temperaturas mais amenas”, explica o diretor técnico da Assessocor, Edson Bortolaci. Por outro lado, o horário noturno demanda alguns cuidados, especialmente durante os treinos.

A acuidade visual à noite é menor e o corredor de rua deve prestar atenção redobrada ao trânsito. “É importante usar um uniforme refletivo, com cores fortes, para que seja bem visualizado por todos”, comenta Carlos Eduardo de Oliveira, professor da Carbono Assessoria Esportiva.

Ainda no quesito vestimenta, mesmo com temperaturas mais baixas, usar blusas e mangas compridas pode ser desnecessário. “Coloque uma luva e uma touca, porque a circulação sanguínea nas extremidades é menor, mas o tronco, braços e pernas pode deixar livre, porque a temperatura do corpo vai aumentar com a corrida”, diz o professor doutor em fisiologia e revisor científico da Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, Alberto Inácio da Silva.

Seguindo todos esses cuidados, o publicitário Bruno Real optou pela corrida após o pôr do sol. Para ele, o horário noturno começou como única opção de tempo que tinha e virou a melhor escolha. “Gosto de correr para terminar o meu dia, não para começar”.

Treinamento noturno

Se a competição ocorrerá no período da noite, o corredor tem várias opções de treinamento, que variam conforme a resposta de cada organismo. De acordo com Bortolaci, é uma questão de adaptação fisiológica. “A pessoa que treina no calor, ao meio dia, por exemplo, se dará bem na prova no frio. O contrário é mais difícil. Mas, se ela treinar de manhã, sentirá mais tranquilidade para correr à noite”, explica. No entanto, Oliveira aponta que há quem se adapte melhor treinando no mesmo horário da prova. “Cada organismo se comporta de uma maneira e há aqueles que precisam de uma adaptação maior, talvez o rendimento não seja o mesmo se treinasse de manhã”, comenta. Para o professor da V8 assessoria esportiva, Murilo Klein, treinar no mesmo período da prova permite ao corredor adaptar a alimentação e hidratação.

Estratégias de revezamento

Aparentemente, correr em equipe parece ser mais fácil que correr sozinho. Mesmo assim, dividir o bastão entre dois, quatro ou oito pessoas requer habilidades e estratégias. De acordo com o diretor técnico da assessoria esportiva Assessocor, Edson Bortolaci, há várias maneiras de fazer a equipe se destacar das demais. “Os atletas mais fortes normalmente cobrem os trechos mais longos ou mais pesados. O revezamento depende muito do tipo de terreno. Se o trecho mais pesado for o primeiro, o corredor forte sai na frente, o mediano no meio e fecha com outro forte”, recomenda.

As estratégias variam de acordo com os perfis dos corredores, de quanto eles aguentam correr e por quantos quilômetros. “É importante que se configure as equipes de maneira que agrupe pessoas com a mesma velocidade e resistência”, explica o treinador da V8 assessoria esportiva, Murilo Klein.

Serviço

Corrida do Povo Revezamento Solidário 2013
Data: 12 de outubro (sábado).
Largada: 20 horas.
Local: Parque Barigui.
Percurso: 42,2 quilômetros – 5.275 metros, sendo obrigatório que todas as equipes deem oito voltas completas.
Participantes: até dois mil corredores em duplas (100 equipes); quartetos (200 equipes); octetos (125 equipes). Inscrições: encerradas.

Agradecimento: Mathias Borges e Luciane Suzuki pelas fotos da capa e ao professor da academia da Fábrika Marcos Moraes pelas orientações.

Loja/Capa: Camiseta e shorts masculino: Loja Nike do Shopping Mueller. Avenida Cândido de Abreu, 127, Centro Cívico.
Tênis masculino: Acervo pessoal.
Peças femininas: Acervo pessoal.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.