i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde e Bem-Estar

Combinar exercícios e alimentação correta é fundamental para uma longevidade saudável

Mudanças nos hábitos de vida podem reverter os vários incômodos de quem atinge a terceira idade

  • PorCarolina Kirchner Furquim, especial para a Gazeta do Povo
  • 18/04/2016 06:00
Exercitar-se, saber manusear o estresse e buscar orientação nutricional são cuidados importantes para se manter saudável em qualquer idade.
Exercitar-se, saber manusear o estresse e buscar orientação nutricional são cuidados importantes para se manter saudável em qualquer idade.| Foto:

Presença especial no evento de pré-lançamento do edifício DOC Castelo Batel, um complexo comercial pensado exclusivamente para profissionais da saúde, o médico Eliseu Portugal conduziu um bate papo sobre longevidade saudável na última sexta-feira (15). Segundo ele, muitos incômodos relacionados ao processo de envelhecimento podem ser revertidos com pequenas mudanças no estilo de vida. Exercitar-se, saber manusear o estresse, buscar orientação nutricional, estar atento ao funcionamento do intestino, controlar e revisar inflamações crônicas, suprir carências nutricionais e vitamínico-minerais e eliminar toxinas alimentares e ambientais são algumas atitudes que devem ser combinadas.

Trinta anos, de acordo com ele, é a idade responsável por apresentar os primeiros sinais do envelhecimento, que acontece em razão de quedas hormonais de naturezas distintas. “Muitos pensam que os hormônios deixam de ser secretados porque a idade avança, mas é o caminho inverso: envelhecemos porque paramos de produzir hormônios essenciais ao bom funcionamento do organismo e, por consequência, à manutenção da juventude“, explicou. Neste processo, se destaca um aumento progressivo da gordura corporal (em especial no abdômen), associado à queda da massa muscular.

Relacionamos aqui os principais fenômenos abordados pelo médico, que ainda pondera: “os sinais clínicos têm importância fundamental na identificação de problemas, muito além de exames ambulatoriais. Essa é a nova medicina, que deve enxergar à frente do óbvio, para intervir antes do agravamento de sintomas”.

Menopausa

Caracterizada pela interrupção fisiológica dos ciclos menstruais, a menopausa vem acompanhada de inúmeros sintomas físicos e comportamentais. A redução acentuada da produção hormonal dos ovários, que leva à menopausa, é um evento marcante relacionado ao envelhecimento feminino. O corpo da mulher também sofre com a queda de proteção óssea e cardiovascular, portanto, buscar ajuda especializada a fim de proceder com a reposição dos hormônios é fundamental para o bem estar e qualidade de vida a partir daí.

Andropausa

A deficiência na produção de testosterona se manifesta através de múltiplos sintomas, que se refletem na queda do desempenho físico e mental dos homens. Depressão, ansiedade e outras condições de grande impacto na vida social costumam acompanhar o momento, que também requer acompanhamento médico para garantir um processo saudável de envelhecimento.

Somatopausa

A redução progressiva da secreção do hormônio GH, conhecido por ser o hormônio do crescimento, é o que caracteriza a somatopausa. Ela costuma surgir muito antes do que a queda dos hormônios sexuais, tanto em homens quanto em mulheres (ainda jovens). A principal implicação é a perda da massa muscular. Ainda que exista a alternativa de reposição do hormônio do crescimento, técnica que ainda é controversa, as principais recomendações são dormir bem e manter uma dieta equilibrada. Segundo o médico, cortar o açúcar e a farinha branca ajuda na produção natural de GH, que acontece justamente enquanto estamos dormindo.

Melatopausa

A melatonina é responsável pela manutenção do sono, uma função metabólica de importância fundamental. Com a queda deste hormônio conforme a idade avança, o sono sofre e as consequências são imediatas: insônia, cansaço, desânimo e até mesmo depressão. O corpo também fica vulnerável a doenças degenerativas cerebrais e câncer, visto que a melatonina age como antioxidante.

Tireopausa

A parada dos hormônios tireoidianos altera todo o metabolismo e predispõe o acúmulo de gordura em homens e mulheres. Pele, cabelos, unhas, níveis de colesterol e humor costumam sofrer com a dosagem incorreta dos hormônios da tireoide, que leva a quadros de hipertireoidismo e hipotireoidismo. Muito sensível, a glândula tireoide pode ter seu mau funcionamento atrasado com a simples adoção de hábitos que melhoram a qualidade de vida, em especial a alimentação.

Eletropausa

Que o envelhecimento gera lapsos de memória, não é novidade. Mas o que muitas pessoas talvez não saibam é que esse fenômeno, chamado eletropausa, acontece por conta do declínio acentuado de um hormônio: a pregnenolona, responsável pela capacidade cognitiva e pela velocidade do processamento cerebral. Uma alimentação rica em Ômega 3 pode substituir a reposição do hormônio com sua versão sintética.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.