Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Para regular o intestino, consuma alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras e legumes. Reduza o consumo de carnes, laticínios, açúcar, farinha branca, café e refrigerante. Foto: Bigstock.
Para regular o intestino, consuma alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras e legumes. Reduza o consumo de carnes, laticínios, açúcar, farinha branca, café e refrigerante. Foto: Bigstock.| Foto:

Até dois dias é normal

O normal é que a evacuação ocorra todo dia ou a cada dois dias. Ao demorar, pode haver perda de vitaminas, cefaleia, e até hemorroidas e doenças crônicas.

 

Mulheres prejudicadas

Hormônios femininos prejudicam os movimentos peristálticos do intestino grosso, é por isso que algumas mulheres têm “intestino preguiçoso” no período menstrual. Isso também ocorre na menopausa e na terceira idade, segundo o gastroenterologista do Hospital do Coração (HCor), de São Paulo, André Siqueira Matheus. Há também a causa emocional, por elas não se sentirem à vontade para evacuar fora de casa.

Grávidas sofrem
Grávidas costumam ter problemas digestivos, porque, além de mudanças hormonais, o aumento do útero dificulta funções intestinais, como explica o gastroenterologista Alcides Branco Filho, do Marcelino Champagnat.

Preste atenção

Analise a frequência de funcionamento do intestino e o aspecto das fezes: cor, cheiro e se há secreção. “É importante não inibir o reflexo evacuatório: deu vontade, vá ao banheiro”, diz Matheus.

>> Feijão, repolho e chicletes: os alimentos que mais causam gases

Beba mais líquido

Prefira água e sucos naturais de frutas, ricos em fibras. “Essa medida é fundamental para a hidratação das fezes e melhora do hábito intestinal”, diz Matheus. Outra dica é não beber durante as refeições e evitar bebidas gaseificadas.

Cuide da alimentação

Consuma alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras e legumes. Reduza o consumo de carnes, laticínios, açúcar, farinha branca, café e refrigerante. Outra dica é comer a cada três ou quatro horas: “Quando se faz poucas refeições por dia, o intestino não é estimulado”, explica Branco Filho. Mastigue bem os alimentos e faça as refeições de forma pausada.

Na alimentação
Inclua: mamão, ameixa seca, semente de linhaça, gergelim, farelo de trigo e granola com iogurte, cujos lactobacilos beneficiam o processo digestivo.
Retire: reduza o consumo de carnes, laticínios, açúcar, farinha branca, café e refrigerante.

Exercícios

Atividades físicas estimulam o peristaltismo, movimento que empurra os alimentos ao longo do tubo digestivo. “Manter atividade física regular é importante pra melhorar o fluxo sanguíneo intestinal”, comenta Branco Filho.

>> Coceira insuportável afeta também o emocional; saiba os sintomas da dermatite atópica

Determine horários

Programe-se e use o banheiro sempre no mesmo horário, para dar ritmo ao organismo.

LEIA TAMBÉM

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]