Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Intoxicações no Paraná são causadas principalmente por medicamentos

Com o objetivo de alertar e orientar a população sobre os riscos a Sesa lançou nesta semana a campanha “Medicamentos: você sabe usar?”

A cada duas horas pelo menos um paranaense é vítima de intoxicação por medicamento. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que constatou o crescimento no número de casos em 2015. Foram registrados 4.461 intoxicações no Paraná, quantidade 12% maior no comparativo com 2011.

A estatística é ainda mais alarmante se comparada com intoxicações causadas pelo abuso de drogas (846), produtos de uso domiciliar (641) e cosméticos (63). Com o objetivo de alertar e orientar a população sobre os riscos a Sesa lançou nesta semana a campanha “Medicamentos: você sabe usar?”. Na última quarta-feira (4) profissionais de saúde estiveram no centro de Curitiba para esclarecer a população sobre os perigos da automedicação e do uso inadequado de remédios.

LEIA TAMBÉM:

<<<<<Remédios demais são risco a idosos>>>>

<<<<<Remédios: 9 hábitos que você deve abolir>>>>

A intoxicação pela utilização incorreta de medicamentos pode levar à morte. ”O momento é de conscientizar a população e alertar sobre a importância do uso racional dos medicamentos”, afirma o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. Segundo ele a melhor forma de enfrentar o problema é através da informação. Para auxiliar os cidadãos a Sesa distribuirá carteirinhas com informações úteis para os pacientes e médicos que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS).

O documento registrará medicamentos que devem ser administrados, a periodicidade e o nome do médico ou cirurgião-dentista que prescreveu o remédio. Outra ação para debater o tema foi realizada nesta semana pela Secretaria da Saúde. O primeiro Simpósio Estadual sobre o Uso Racional dos Medicamentos reuniu no dia 5 cerca de 700 pessoas em Curitiba. O presidente do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), Luiz Ernesto Pujol, participou do evento. Ele representou a entidade e a classe médica, que apoia a campanha.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário