i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Saúde e Bem-Estar

Slime, a geleca caseira, pode ter ingredientes tóxicos para crianças; alerta Proteste

A substância pode causar problemas como irritação nos olhos, cólicas estomacais e vômitos

  • PorRedação
  • 04/09/2018 13:46
Slime virou febre entre as crianças, substância utilizada, no entanto, causa riscos à saúde. Foto: Bigstock
Slime virou febre entre as crianças, substância utilizada, no entanto, causa riscos à saúde. Foto: Bigstock | Foto:

O bórax (borato de sódio), substância utilizada para fazer o slime, é o principal vilão dos ingredientes do brinquedo semelhante a uma geleca caseira e pode causar sérios riscos à saúde. O alerta foi divulgado pela Proteste –  Associação Brasileira de Defesa do Consumidor que explica que o ingrediente é também utilizado na matéria-prima de alguns produtos de limpeza, como sabão em pó para máquina de lavar e inseticidas.

>> Menino de 5 anos escreve bilhete dizendo que não terá aula e mãe é repreendida

“Para ter uma ideia do potencial de risco do bórax, a Anvisa o avalia como classe toxicológica II, isto é, altamente tóxico. O bórax é uma substância alcalina (com pH alto) e tende a danificar a camada de gordura protetora da pele, o que pode causar o surgimento de lesões que parecem feridas vermelhas, que coçam e ardem, e até dermatite de contato, que é uma reação que se assemelha a uma queimadura de pele e causa descamação”, diz o alerta.

Pais devem supervisionar brincadeira de crianças pequenas para evitar acidentes. Foto: Bigstock
Pais devem supervisionar brincadeira de crianças pequenas para evitar acidentes. Foto: Bigstock

O  contato com o bórax em quantidades acima do recomendado pode causar problemas como cólicas estomacais, vômitos, diarreia e irritações nos olhos. Outros ingredientes utilizados na fabricação da geleca também podem trazer riscos, como a água boricada, bicabornato de sódio, espuma de barbear, amaciantes de roupas e detergentes.

“A maioria dos ingredientes usados no slime caseiro é potencialmente nociva, dependendo da forma de manuseio e de quem o manusear”, informa a Proteste.

Como reduzir riscos

A associação ressalta que existem no mercado “gelecas” industrializadas, prontas e com o selo do Inmetro (ou seja, já foram testadas e aprovadas, diminuindo assim os riscos de causar algum tipo de dano à saúde da criança).

Porém, não é preciso parar de fazer o brinquedo em casa — já que ele pode ter, inclusive, efeitos terapêuticos quando bem utilizado.

A sugestão é utilizar receitas à base de cola branca e bicarbonato, que não contém o boráx, mas sempre ficar de olho e nunca deixar a criança fazer o brinquedo sozinha. “É fundamental acompanhar todos os processos de confecção do slime caseiro junto com as crianças, mas não é possível garantir que o produto final será inofensivo”, afirma a Proteste.

LEIA TAMBÉM: 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.