Ao elevarem de forma crônica os níveis de cortisol, o principal hormônio do corpo relacionado ao estresse, os telefones podem estar ameaçando a saúde e nos tirando anos de vida. Foto: Bigstock.
Sedativos hipnóticos têm benefício limitado e podem, às vezes, causar problemas mais sérios do que os que poderiam prevenir. Foto: Bigstock.
A apneia do sono aflige mais de duas em cada cinco pessoas com índice de massa corporal de mais de 30, e três em cinco adultos com síndrome metabólica. Foto: Bigstock.
A testosterona, hormônio predominante nos homens, acaba promovendo um maior trabalho muscular, fazendo com que o corpo produza mais calor em comparação às mulheres. Foto: Bigstock.
Entre os participantes da pesquisa, dormir apenas 16 minutos a menos do que o habitual foi associado a um ponto adicional na escala de interferência cognitiva no dia seguinte. Foto: Bigstock.
Um bom hábito para viver mais depois de um infarto é tomar o café da manhã como um rei. Foto: Bigstock.
Paralisia do sono atinge muitas pessoas e medidas simples podem fazer a pessoa acordar durante crises. Foto: Bigstock.
Caixa do sono criada pelo proprietário do Facebook ajuda no sono