Alugar uma casa em Orlando para ir à Disney vale a pena?

Ficar em hotéis para 10 diárias em setembro deste ano pode ser até 192% mais caro que alugar uma casa

Visitar a Disney pode sair mais barato com dicas bem legais que já demos no Viver Bem: escolher a época certa, comprar os passaportes com antecedência e para vários dias, fugir dos souvenirs, escolher o que vai comer com antecedência, levar garrafas de água e planejar bastante são algumas delas que você pode ver aqui.  

Em grupos maiores, uma boa dica é se hospedar em casas alugadas na cidade, como explica o CEO da empresa Temporada em Orlando, Wendel Ferrari, que loca imóveis na região. “A partir de cinco pessoas, a opção da casa acaba sendo mais vantajosa no valor individual por pessoa se comparado a hotel”, diz ele. No site da empresa, um comparativo mostra que pode ser de 24% a 192% mais caro ficar em hotéis para 10 diárias em setembro deste ano.

Além da redução no preço da hospedagem, ficar em uma casa pode reduzir também o gasto em alimentação e até em transporte. Segundo Ferrari, alugar uma casa não “exige” alugar também um carro. “Mas locar um automóvel é recomendável, pois agiliza a locomoção aos principais passeios: depender apenas de transporte público pode reduzir bastante o tempo para curtir as atividades, táxis são caros e o Uber, dependendo do horário, também”, diz ele, cuja casa mais em conta em seu portfólio tem capacidade para seis pessoas e diária a partir de US$ 120 na baixa temporada, o que equivale a US$ 20 dólares por pessoa, por dia, sem incluir as taxas (de limpeza, por exemplo).

Outros pontos positivos para os brasileiros que alugam casas em Orlando, segundo ele, é poderem desfrutar condomínios fechados, que oferecem segurança, privacidade e comodidade. As casas podem ter piscinas individuais, wi-fi, áreas coletivas de lazer (brinquedoteca, salão de jogos, piscinas do condomínio com estrutura de resorts). “A piscina privativa é, sem dúvida, o que mais fascina os brasileiros. Também há hóspedes que agradecem por ter uma sala grande, onde podem espalhar as compras, colocando tudo nas malas de maneira organizada e estratégica”, diz.

Curtir a vida dos norte-americanos

Além disso, alugar uma casa em Orlando também estimula o brasileiro a curtir elementos do modo de viver norte-americano. Fazem parte do american way of life e que pode ser desfrutado: tomar em casa o genuíno café norte-americano, com ovos, bacon, waffle, sem as limitações de hotéis; acompanhar a rotina de outros moradores das casas vizinhas: verificar como estacionam os carros, como organizam o depósito do lixo, as regras de convivência nos condomínios fechados; ver de perto a parte estrutural de uma casa americana; usufruir a lavanderia da casa, voltando para o Brasil com todas as roupas limpas, sem deixar trabalho acumulado para o pós-férias e curtir a piscina da casa para relaxar após um dia exaustivo.

 

LEIA TAMBÉM

>>> Disney gastando pouco? Veja 6 maneiras de economizar

>>> Piscina de água mineral? Em Curitiba tem, na Estância Ouro Fino!

>> >Airbnb amplia serviços. Agora dá até para reservar passeios

8 recomendações para você

Deixe seu comentário