PUBLICIDADE

Turismo

Anac libera aeroporto Afonso Pena para receber voos do gigante A380

A autorização foi dada após a análise de mais de um milhão de pousos e decolagens do A380 pelo mundo, com requisitos técnicos menos exigentes

O A380 é operado no Brasil desde o ano passado, mas apenas no aeroporto de Guarulhos. Foto: A. Doumenjou/Airbus.

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba, está liberado para receber voos do gigante A380, o maior avião comercial do mundo. A autorização veio um ano após o avião começar a operar no Brasil e foi dada na última terça-feira (6) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)  — a publicação  no Diário Oficial da União deve ocorrer na próxima semana.

Segundo a resolução da Anac, a liberação ocorreu após a análise de mais de um milhão de pousos e decolagens do A380 pelo mundo, que mostraram que o avião pode operar em pistas com requisitos técnicos menos exigentes do que os estabelecidos inicialmente. A alteração no Regulamento Brasileiro de Aviação Civil foi proposta em abril de 2017 pela Organização de Aviação Civil Internacional.

A nova resolução, que se refere a quesitos técnicos como largura e faixa de pistas, visa tornar a operação do A380 “menos excessiva e onerosa”, de acordo com a Anac. Ou seja, o aeroporto pode receber voos do A380 e do Boeing 747-8 – este último já utilizado como cargueiro – sem precisar passar por grandes obras na pista. Apenas o terminal precisaria de um portão maior caso alguma companhia aérea tenha interesse em estabelecer uma rota.

Apesar da liberação, o professor da Academia de Ciências Aeronáuticas da Universidade Positivo, Wilson Rocha, afirma que não basta liberar a autorização e colocar o avião para operar. “É preciso fazer um estudo específico com largura e comprimento de pista, peso transportado, infraestrutura, etc”, diz.

Ele ressalta também que o Boeing 747-8 que opera atualmente não pode pousar completamente carregado (seu limite de carga é de 30%). “Será que seria rentável para uma companhia colocar um A380 muito mais pesado que o 747 para operar aqui?”, questiona.

>> Conheça o A380, o maior avião de passageiros do mundo

Mais A380 pelo Brasil

A autorização para receber o A380 e o Boeing 747-8 no Afonso Pena não é nova, apenas está sendo ratificada pela Anac. Segundo a agência reguladora, os aeroportos de São Paulo-Guarulhos (SP), Rio de Janeiro-Galeão (RJ) e Curitiba/São José dos Pinhais (PR) têm autorizações excepcionais para operar estes modelos.

E no novo documento, a Anac libera mais 12 aeroportos para receberem estes aviões: Belém (PA), Brasília (DF), Cabo Frio (RJ), Belo Horizonte-Confins (MG), Manaus (AM), Fortaleza (CE), Campinas-Viracopos (SP), Porto Alegre (RS), Petrolina (PE), Recife (PE), Natal (RN) e Salvador (BA).

LEIA TAMBÉM:

PUBLICIDADE