Portugal é o melhor destino turístico do mundo pelo 2º ano consecutivo

País levou o “Oscar” do turismo novamente; saiba o que fazer por lá além de Lisboa e Porto

Alfama LisboaVista do bairro de Alfama, em Lisboa. Foto: VisualHunt.

Portugal repetiu o feito de 2017 e levou, também neste ano, o prêmio de melhor destino turístico do mundo pelo júri do World Travel Awards, considerado o Oscar do turismo internacional.

A terra do pastel de Belém levou a melhor sobre candidatos de peso, como a Espanha, os EUA e a Grécia.

Ao todo, os portugueses arrebataram 16 premiações na noite. A capital, Lisboa, ganhou em duas categorias importantes: melhor cidade a visitar e melhor destino “city break” (algo como escapadinha urbana).

Sucesso

Nos últimos anos, o aumento do turismo foi um dos motores da retomada da economia portuguesa. Em 2017, o país bateu seu recorde absoluto de visitantes: foram 20,6 milhões de hóspedes, uma alta de de 8,9% em comparação a 2016. Este ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou novos voos diretos para Portugal, partindo de São Paulo.

O desejo por estar no país não se restringe ao turismo: a imigração também vem aumentando nos últimos anos — tanto que em outubro desse ano o consulado do país no Brasil suspendeu novos pedidos de visto e nacionalidade por conta da grande procura por brasileiros, o que sobrecarregou o s serviços prestados.

Outro problema surgiu com a massificação do turismo: a “turismofobia”, aversão dos moradores locais aos estrangeiros que visitam o país já é um fenômeno reconhecido inclusive pelo governo português, que pede “diálogo e união”. O maior problema relatado por portugueses é a valorização irreal de serviços e alimentação, o que dificulta a vida de pessoas que moram em cidades como Lisboa e Porto.

Campanhas de comunicação e incentivo para que outras cidades do país se desenvolvam no setor, evitando assim o fluxo exacerbado em poucas cidades é algumas medidas adotadas por Portugal para amenizar os efeitos.

O que fazer por lá

Cascais, Portugal. Foto: Reprodução

Portugal sempre está no ranking dos melhores países/lugares para se visitar — o país foi um dos citados pelo levantamento do Hostelworld que listou os 18 melhores destinos do mundo para viajar em 2018. E há muito o que se fazer no país:  as coloridas casinhas de Lisboa e as ondas gigantes de Nazaré são apenas parte do encanto de Portugal.

Por lá há castelos, mosteiros, vinícolas, vida noturna e, claro, pastéis de Belém. São sete regiões diferentes para explorar – e é fácil fazê-lo, já que cruzar o país de Faro, no sul, a Viana do Castelo, no norte, leva pouco mais de sete horas de carro. Não se esqueça de incluir no roteiro a Ilha da Madeira e o arquipélago dos Açores, ambos com natureza exuberante e muita história.

É no país também a Capital Europeia da Juventude 2018 — Cascais e suas belas praias são uma opção de roteiro rápido para quem fica em Lisboa (a cidade fica a apenas 30 quilômetros).

Além disso, os vinhedos em campos abertos abriram espaço para o país explorar o turismo rural, outro segmento que vem se expandindo no país e oferece a possibilidade de rotas com focos específicos (em gastronomia, patrimônio, cultura ou paisagens).

Passagens

Os voos partindo do Brasil para Lisboa variam conforme a data e antecedência da compra. Ida e volta para fevereiro de 2019, nas simulações feitas pelo Viver Bem nos principais buscadores de viagem saindo de Curitiba para Lisboa, custa em média R$ 3 mil por pessoa em classe econômica.

LEIA TAMBÉM: 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário