As cinco cidades brasileiras que estão atraindo mais turistas unindo lazer e negócios

Aumento pela procura por destinos turísticos internos é de 31%; alta do dólar é um dos motivos

Rio de JaneiroO Rio de Janeiro segue como a cidade mais visitada do país. Foto: Elizeu Dias/Unsplash.

A tendência de crescimento do turismo interno não é só uma percepção do setor, mas se confirma em números oficiais e extraoficiais:  segundo o Ministério do Turismo, a procura pelos destinos nacionais cresceu 7% acima da média mundial em 2017, e deve fechar este ano com números ainda maiores.  Além disso, a escalada do dólar frente ao Real fez com que as passagens aéreas para viajar no Brasil ficassem mais baratas do que as internacionais.

Duas pesquisas divulgadas nesta semana para o Dia Mundial do Turismo (lembrado nesta quinta-feira, 27) refletem essa tendência — segundo o site de buscas de viagens Kayak, a procura por destinos dentro do Brasil aumentou 31% no primeiro semestre. E de acordo com o Booking.com, os brasileiros estão viajando mais, principalmente para essas cinco cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Salvador. 

>> Aérea de baixo custo começa a vender passagens internacionais no Brasil por R$ 400

O líder de operações do Kayak no Brasil, Eduardo Fleury, diz que a procura pelos destinos domésticos mostra que os brasileiros não desistiram de viajar. Eles apenas se adaptaram à nova realidade.

“O ranking revela que os brasileiros estão aproveitando a alta do dólar para apostar em destinos nacionais e na América do Sul, que são menos dolarizados e, por isso, estão mais baratos. Ao contrário do que se poderia pensar, não estamos deixando de viajar, mas mudando o perfil de nossas viagens”, explica.

E o mercado interno vem se profissionalizando para atender a demanda: levantamento divulgado pelo Ministério do Turismo nesta semana aponta que o país já conta com 75 mil operadoras, entre guias de turismo, parques temáticos, meios de hospedagem e agências de turismo. A meta do  Ministério é chegar a 12 milhões de turistas internacionais (hoje são 6,6 milhões) e 100 milhões de turistas domésticos – 40 milhões a mais do que atualmente.

Trabalho e diversão

Uma característica comum aos destinos mais procurados pelos brasileiros é que eles unem negócios e lazer. De acordo com o doutor em turismo e coordenador-geral da pós-graduação da Universidade Positivo, Dario Luiz Dias Paixão, estas cinco cidades souberam juntar suas vocações para os mais diversos públicos.

>> Aberta a temporada de cruzeiros: quanto custa e como se preparar para as férias a bordo

O Rio de Janeiro, por exemplo, é a porta de entrada do Brasil para congressos internacionais e também a cidade mais visitada por turistas a lazer. Já São Paulo é forte em eventos de negócios domésticos e oferece uma gama ampla de atrações culturais. Curitiba, Belo Horizonte e Salvador são sedes de grandes empresas, e conseguiram mostrar que têm um potencial turístico relevante”, frisa o especialista, que salienta ainda que os brasileiros estão dispostos a viajar mais, desde que sejam lugares fáceis de chegar e com melhor infraestrutura de atendimento.

“Isso leva a uma maior competitividade entre as empresas operadoras, que diminuem os preços e tornam os destinos internos um pouco mais em conta para os viajantes”, diz.

Curitiba

Museu Oscar Niemeyer

Um dos principais pontos turísticos de Curitiba, o Museu Oscar Niemeyer. Foto: Renato Soares/Ministério do Turismo.

Sobre o potencial turístico para além dos negócios, a turismóloga Mariana Mello destaca as atrações culturais da capital paranaense. “Ela se tornou um destino também para quem quer se divertir e conhecer os atrativos culturais da cidade, principalmente nos finais de semana”, diz a especialista, que já trabalhou em vários hotéis da cidade e foi a responsável pela implantação de atividades de lazer em locais como o Mabu e o Pestana.

Dario Paixão frisa ainda que, além de conhecer a própria capital paranaense, o turista e o morador contam com a região metropolitana, que oferece atividades ligadas ao meio ambiente, vinícolas, cervejarias e restaurantes especializados em pratos típicos. 

 5 destinos

Saiba o que as 5 cidades mais procuradas do Brasil têm a oferecer aos turistas:

Rio de Janeiro

O Cristo Redentor, símbolo do Rio. Foto: Embratur.

A porta de entrada do Brasil para eventos internacionais é também a terra do samba, carnaval, praias famosas e uma paisagem sem igual. A cidade da Garota de Ipanema e de Copacabana foi a capital do Brasil nos tempos do Império e do início da República, e reúne um importante conjunto cultural.

À noite, os boêmios se divertem em dois bairros icônicos da cidade: Santa Teresa e Lapa. E as festas nos casarões são ecléticas— vão da música eletrônica à tradicional bossa nova, sem deixar de lado o bom e velho samba.

É possível encontrar voos de Curitiba para o Rio de Janeiro a partir de R$ 341 ida e volta.

São Paulo

A Avenida Paulista tem cena cultural pulsante. Foto: Paulo Palma Beraldo / Reprodução

Se engana quem ainda pensa que São Paulo é sinônimo apenas de mercado corporativo e executivos engravatados. A cidade é tão diversa e vibrante que oferece atrações para todos os bolsos e gostos todos os dias da semana.

A principal via da cidade, a Avenida Paulista, é uma cena cultural pulsante com diversas galerias, museus e cinemas. Lá estão o famoso Masp, o recém-inaugurado Instituto Moreira Salles e a Japan House.

Há voos disponíveis de Curitiba para São Paulo a partir de R$ 259 ida e volta.

Curitiba

O Jardim Botânico, em Curitiba, é o ponto turístico mais visitado. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Sede de algumas multinacionais e um dos polos automotivos do Brasil, a capital paranaense é também a cidade dos parques e do famoso Museu Oscar Niemeyer.

A mistura étnica dos imigrantes criou uma gastronomia única e diversa, com foco principalmente nos pratos italianos e alemães. Mas há também uma infinidade de restaurantes orientais e de diversos países europeus, além da boemia em vários circuitos de bares.

Belo Horizonte

A Igreja de São Francisco de Assis, cartão postal de Belo Horizonte. Foto: Pedro Vilela/Ministério do Turismo.

Já dizia o velho ditado de que “BH não tem mar, mas tem bar”. A boemia também é muito presente na capital mineira, e é o caminho do happy hour após um dia todo de negócios nas empresas e escritórios da cidade.

Belo Horizonte também está imersa em cultura, como o conjunto arquitetônico da Pampulha – desenhado por Oscar Niemeyer, mirantes, parques, e o Instituto Inhotim, o maior museu a céu aberto do país.

É possível encontrar voos de Curitiba para Belo Horizonte a partir de R$ 372 ida e volta.

Salvador

A praia de Itapuã, em Salvador. Foto: Márcio Filho/Ministério do Turismo.

Terra de uma das festas de carnaval mais emblemáticas do país, Salvador é a capital mais antiga do Brasil e também abriga um importante conjunto de prédios históricos e marcos turísticos. Entre as atrações está o Elevador Lacerda, o Farol da Barra e a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim.

Para ter um gostinho de carnaval em qualquer época do ano, vale ficar atento aos ensaios do famoso grupo Olodum, que normalmente acontece nas ruas do Pelourinho, outra joia da cidade.

Há voos disponíveis de Curitiba para Salvador a partir de R$ 578 ida e volta.

LEIA TAMBÉM:

8 recomendações para você

Deixe seu comentário