Vila Velha no feriado: saiba como funcionam as novas regras

Aberto nos feriados, Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, exige guias turísticos para visitação

Foto: Henry Milléo/Arquivo/Gazeta do Povo

Um dos destinos turísticos mais conhecidos do Paraná, o Parque Estadual de Vila Velha está funcionando sob novas regras de visitação desde o início de setembro.

Os visitantes precisam do acompanhamento de guias de turismo credenciados para entrar na unidade de conservação. O atendimento é feito por ordem de chegada e os visitantes são reunidos em grupos de 20 a 46 pessoas. Grupos maiores de 15 precisam de agendamento prévio com antecedência de dez dias.

O serviço é cobrado à parte e custa R$ 10 por pessoa nos fins de semana e feriado, além do preço dos ingressos (veja mais abaixo). A exigência dos guias foi feita para prevenir depredações ao patrimônio natural.

Chegue cedo

Para o próximo feriado, a dica é a que vale para todas as datas em que a procura pelo parque aumenta: chegue cedo. Como a unidade de conservação tem limite de visitação de 800 pessoas por dia, é comum a cota ser esgotada por volta do meio dia.

A visitação em Vila Velha se divide entre três principais atrações: Arenitos, onde está a famosa taça; Furnas, que são as crateras rodeadas por vegetação; e a Lagoa Dourada.

O valor da entrada no parque custa R$ 18 (visita completa), ou R$ 8 para a visita às Furnas e à Lagoa Dourada e R$ 10 para a visita aos Arenitos. Com o acréscimo da taxa de serviço do guia, a visita completa sairá R$ 28 por pessoa. Neste valor, porém, a pessoa visita o parque na companhia de outros turistas.

Quem preferir fazer a visita com um grupo próprio, a contratação de guias exclusivos custará R$ 150. Este valor é cobrado de grupos de até 40 pessoas. O mesmo preço vale para agendamentos de visitas nos dias de semana.

Serviço — Parque Estadual de Vila Velha

Onde: O acesso se dá pela rodovia BR 376 (Ponta Grossa—Curitiba), no Km 28 a partir de Ponta Grossa — saída pela Av. Visconde de Mauá (Oficinas) ou Av. Visconde de Taunay (Ronda).

Quando: Sextas, sábados, domingos e feriados nacionais das 8h30 às 17h30, com entrada permitida até 15h30, mediante a contratação do guia de turismo. Nos finais de semana, os ônibus para Furnas e Lagoa Dourada saem às 9h30, 11h, 13h30, 15h30 (as vagas são limitadas); segundas, quartas e quintas, mediante agendamento. Sujeito à lotação.

Quanto: Entrada: R$ 18 (Furnas, Arenitos e Lagoa Dourada), ou R$ 8 (Furnas e Lagoa Dourada) e R$ 10 (arenitos). Meia entrada para estudantes estudantes, funcionários públicos, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa com apresentação de comprovante de residência. Menores de 6 anos, idosos acima de 60 e pessoas com necessidades especiais são não pagam.

Guias: R$ 10 (individual, aos finais de semana e feriados) e R$ 150 (por grupo)

CONTATO

Administração do parque: (41) 3213-3832 e (41) 3213-3819, pevilavelha@iap.pr.gov.br e página do parque no Facebook (os telefones funcionam somente durante a semana).

Guias:

ABGTur — (41) 9 9534-2848 e abgtur@abgtur.tur.br

NGTur — (42) 9 8417-2323 e guiasngtur.pg@gmail.com

 

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário