i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

A Protagonista

Foto de perfil de A Protagonista
Ver perfil

Doria x Bolsonaro: candidatos colocam jornalista no centro das tretas em redes sociais

  • PorFernando Henrique Martins
  • 17/07/2018 22:55
Doria x Bolsonaro: candidatos colocam jornalista no centro das tretas em redes sociais
| Foto:
O pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e o pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo João Doria (PSDB) discutiram em vídeos postados nas redes sociais nesta terça-feira.
Desta vez, a questão envolve a publicação de uma nota da jornalista Sonia Racy, d’O Estado de São Paulo. Em sua coluna, ela diz que Bolsonaro teria dito que conseguiu aproximação com empresários agindo como faria com uma ‘mulher gostosa’: “Vai atrás dela até pegar. Foi o que fiz”, diz a nota.
Em vídeo postado no Twitter, o deputado e pré-candidato à Presidência destila críticas à imprensa e, em especial, à jornalista do Estadão.

Segundo Bolsonaro, essa ação o joga contra sua família e contra o Brasil. Mas, o ponto em que bate de frente com João Doria, chega quando o deputado mostra reportagem da Folha de S. Paulo cujo título diz: “Grupo Doria contrata Sonia Racy para substituir prefeito em programa de TV”.
Assim, Jair Bolsonaro diz que a jornalista falta com o compromisso com a verdade. “Ela está a serviço do PSDB para me denegrir, me tirar da campanha e me jogar contra as mulheres do Brasil”, falou no vídeo, pedindo providências do ex-prefeito de São Paulo sobre o caso.
A assessoria de João Doria também divulgou vídeo em que o tucano rebate a fala de Bolsonaro.

Pessoal, o Jair Bolsonaro postou há pouco um vídeo com uma inverdade. Não procede a informação de que a jornalista Sônia Racy é nossa "funcionária". Inclusive, a matéria publicada em 2016 está incorreta. A Sônia Racy é contratada pelo Grupo Bandeirantes. Além disso, jamais solicitamos que qualquer profissional venha a difamar um pré-candidato. #FalandoaVerdade #ChegaDeFakeNews

Posted by João Doria on Tuesday, July 17, 2018

O pré-candidato do PSDB diz que o contrato de Sonia Racy é feito diretamente com a emissora que exibe o programa, a TV Bandeirantes, não tendo qualquer ligação com sua a empresa. “Alguém informou a você equivocadamente. Ela (Sonia) tem boa biografia e se você errou, reconheça seu erro. Não coloque isso como sendo algo do PSDB ou da minha parte”, afirmou Doria.
Em sua coluna, Sonia Racy comentou o assunto, informando que tem fontes que confirmam a fala de Bolsonaro, bem como divulgou a gravação da conversa telefônica com o deputado, e estampou a primeira página de seu contrato com a TV Bandeirantes.
Mais uma saia justa em tempos pré-eleitorais. O que virá nos próximos meses?
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.